Com dois gols de Lukaku, Bélgica vence Panamá por 3 a 0

Comandada pelos craques Hazard, De Bruyne e Lukaku, a seleção belga é favorita na partida

Romelu Lukaku celebra terceiro gol da Bélgica.
Romelu Lukaku celebra terceiro gol da Bélgica.MARCOS BRINDICCI
Mais informações
Harry Kane salva Inglaterra em vitória nos acréscimos sobre a Tunísia
Árbitro esnoba o VAR e Brasil estreia com empate amargo diante da Suíça
Quem são os 23 convocados de Tite para a Copa 2018
Tabela de grupos da Copa do Mundo Rússia 2018 e cruzamentos

Bélgica não sofreu para vencer o Panamá por 3 a 0 nesta segunda-feira, no estádio Olímpico de Sochi, pela primeira rodada do Grupo G da Copa do Mundo Rússia 2018. Os três gols, dois do atacante Lukaku, destaque da seleção belga na partida, saíram no segundo tempo, depois de uma primeira etapa com pressão da Bélgica desde o início, mas sem grandes emoções.

Apesar do favoritismo, a Bélgica encontrou dificuldades para abrir o placar no primeiro tempo. O jogo começou com bastante intensidade, mas logo a seleção belga parece ter se acomodado e oferecido mais espaços para os panamenhos, que também não chegaram a assustar o goleiro Courtois em nenhum momento. Depois de um primeiro tempo um pouco morno, os panamenhos se animaram e voltaram mais abertos na segunda etapa, deixando espaços para contra-ataques belgas.

No segundo tempo, com o time do Panamá menos preocupado com a defesa, a seleção belga atropelou a panamenha, como já era esperado. Quem abriu o placar foi Mertens, com um belo chute de primeira que encobriu o goleiro Penedo. Contudo, foi Lukaku, o goleador belga, que acabou se destacando ao marcar dois gols. Agora, ele tem 27 gols marcados nos últimos 27 jogos. Uma marca impressionante para um começo animador da "ótima geração da seleção belga". No grupo G, ao lado de Bélgica e Panamá, Tunísia e Inglaterra ainda disputam duas vagas na continuação da Copa.

André De Oliveira
Acompanhe o próximo jogo pelo EL PAÍS. Esse minuto a minuto de Bélgica 3 x 0 Panamá vai ficando por aqui. Obrigado pela companhia e até a próxima!
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira
O EL PAÍS também faz a transmissão de Tunísia e Inglaterra dentro de instantes, às 15h, pelo grupo G
André De Oliveira
André De Oliveira
Uma estatística impressionante: Nos últimos 27 jogos, o centro-avante belga marcou nada menos do que 27 gols. Um por partida. É só mais um dado para um começo animador da "ótima geração belga"
André De Oliveira
André De Oliveira
Algumas estatísticas do final do jogo
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira
Bélgica vence por 3 a 0 com dois gols de Lukaku e um de Mertens
André De Oliveira
André De Oliveira
Fim de partida!
André De Oliveira
André De Oliveira
Festa da torcida belga em Sochi
André De Oliveira
André De Oliveira
45 minutos 4 minutos de acréscimo!
André De Oliveira
André De Oliveira
44 minutos Sai o belga Witsel e entra Chadli
André De Oliveira
André De Oliveira
43 minutos Uma bomba rasteira de Escobár, mas Courtois defende sem problemas
André De Oliveira
André De Oliveira
42 minutos Falta perigosa para o Panamá na entrada da área belga. Juiz mostra amarelo para o De Bruyne que deu uma entrada feia em Tejada
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira
41 minutos A bola ficou livre para o atacante Díaz, do Panamá! Courtois defende, mas juiz já marcava o impedimento
André De Oliveira
André De Oliveira
37 minutos Sai Mertens, autor do primeiro gol belga, entra Thorgan Hazard (não o do Chelsea, que já estava em campo)
André De Oliveira
André De Oliveira
35 minutos Jogada bonita da Bélgica que quase acaba em gol de letra da Bélgica, mas o impedimento já tinha sido marcado
André De Oliveira
André De Oliveira
34 minutos Agora o jogo ficou lá e cá. Panamá ataca com tudo e deixa o campo livre para os rápidos contra-ataques da Bélgica, que quer mais!
André De Oliveira
André De Oliveira
33 minutos UHHHH! Panamá chega com perigo em bola cruzada para o 18 Tejada, que entrou no segundo tempo
André De Oliveira
André De Oliveira
André De Oliveira

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS