Seleccione Edição
Login

As nove finais dos campeonatos estaduais deste domingo

São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Pernambuco, Bahia e Ceará conhecerão seus campeões no fim de semana

Rodriguinho e Dudu disputam bola no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, vencido pelo Palmeiras por 1 a 0.
Rodriguinho e Dudu disputam bola no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, vencido pelo Palmeiras por 1 a 0. Reuters

Os campeonatos estaduais mais relevantes do futebol brasileiro têm suas decisões marcadas para o próximo domingo, dia 8, às 16h (horário de Brasília). Recheadas de clássicos, as finais ocorrem nas capitais São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Recife, Salvador e Fortaleza, além das interioranas Pelotas e Chapecó.

Campeonato Paulista: Palmeiras x Corinthians - Allianz Parque, domingo, 16h

Dez anos depois, o Palmeiras pode voltar a vencer o Paulistão. Desde 2008, quando foi campeão, o clube só chegou à final uma vez, em 2015, quando perdeu para o Santos. Agora, tem a vantagem: além de decidir em casa, a equipe de Roger Machado venceu o primeiro jogo na casa do rival, Corinthians, por 1 a 0. Entretanto, do outro lado está o atual campeão estadual e nacional, de Fabio Carille, que venceu o último dérbi no Allianz por 2 a 0.

Campeonato Carioca: Vasco x Botafogo - Maracanã, domingo, 16h

Jogando o primeiro jogo fora de casa, o Vasco venceu o Botafogo no Engenhão por 3 a 2, com gol de Andrés Rios nos acréscimos, e traz a vantagem para o confronto decisivo. Confronto, este, que será no Maracanã, estádio da final da Copa do Mundo que vem sofrendo com má administração nos últimos anos e já garantiu 45 mil ingressos vendidos. Não existe o critério gol marcado fora de casa.

Campeonato Gaúcho: Brasil de Pelotas x Grêmio - Estádio Bento Freitas, domingo, 16h

Dono da melhor campanha na fase de grupos, o Brasil eliminou o São Luiz e o São José no mata-mata e chegou à final com o direito de mandar o segundo jogo em casa, na cidade de Pelotas. Porém, a equipe precisa reverter uma grande desvantagem. No primeiro jogo, em Porto Alegre, uma expulsão de Éder Sciola ainda no primeiro tempo colaborou para a vitória por 3 a 0 do Grêmio que, depois de ter passado por Internacional e Avenida, tem a grande chance de voltar a ser campeão estadual depois de oito anos.

Campeonato Catarinense: Chapecoense x Figueirense - Arena Condá, domingo, 16h

Desde 2006, apenas em 2010 Chapecoense ou Figueirense não estiveram na final do Campeonato Catarinense. Disputando a final em jogo único na sua casa, a Chape busca um inédito tricampeonato estadual – seria o sétimo título da história do clube.

Campeonato Paranaense: Atlético-PR x Coritiba - Arena da Baixada, domingo, 16h

Mesmo jogando todo o estadual com time e treinador alternativos, o Atlético conservava a invencibilidade na competição até o último domingo, quando perdeu o primeiro jogo para o Coritiba por 1 a 0 no Couto Pereira. Agora, o time rubro-negro conta com sua torcida em maioria para virar o confronto. A final não deve ter transmissão na televisão, uma vez que os donos da casa não aceitaram até agora a proposta da TV Globo.

Campeonato Baiano: Vitória x Bahia - Barradão, domingo, 16h

Depois de protagonizarem um clássico com nove expulsões na primeira fase, Bahia e Vitória voltaram a se encontrar na Fonte Nova, com torcida única, no primeiro jogo da final, em que o Tricolor venceu por 2 a 1. O Vitória, precisando ganhar, tem a melhor média de gols por jogo do país, mas o Bahia conta com a melhor defesa do Baiano.

Campeonato Pernambucano: Náutico x Central - Arena Pernambuco, domingo, 16h

O Central, de Caruaru, eliminou o Sport na semifinal e é a grande surpresa entre as finais dos estaduais. A equipe começou a decidir no último domingo o título, quando empatou por 0 a 0 com o Náutico, e vai para os 90 minutos finais na Arena. A decisão marcará o recorde de público em um jogo entre clubes no estádio da Copa, com 42.500 ingressos vendidos.

Campeonato Cearense: Fortaleza x Ceará - Castelão, domingo, 16h

A final marca o confronto entre os dois artilheiros do Brasil, o alvinegro Arthur e o tricolor Gustavo. Os dois clubes voltam a se enfrentar na final estadual pela primeira vez desde 2015, quando deu Fortaleza. O time de Rogério Ceni precisa reverter o 2 a 1 sofrido no primeiro jogo.

MAIS INFORMAÇÕES