Acidente de avião no Nepal deixa dezenas de mortos

As autoridades policiais confirmaram ao menos 50 vítimas mortais e diversos feridos

Equipe de resgate junto ao avião procedente de Bangladesh que caiu no Nepal.
Equipe de resgate junto ao avião procedente de Bangladesh que caiu no Nepal. (AP)

MAIS INFORMAÇÕES

Um avião da companhia aérea de Bangladesh US-Bangla Airlines, com 71 pessoas de quatro nacionalidades a bordo, caiu nesta segunda-feira, 12 de março, no aeroporto internacional de Katmandu, capital do Nepal, enquanto fazia manobras de aterrissagem. "No avião viajavam 67 passageiros  65 adultos e duas crianças. Entre eles há cerca de 40 cidadãos bengaleses, 25 nepaleses, um chinês e um maldivo. Havia quatro membros da tripulação, dois pilotos e dois membros de cabine", explicou à agência EFE de notícias o porta-voz da companhia, Kamrul Islã.

O acidente aéreo deixou dezenas de morto, mas o porta-voz da companhia aérea esclareceu que ainda desconhecem o número exato de mortes e também "quanta gente ficou ferida ou está hospitalizada". As autoridades do aeroporto confirmaram que até o momento há pelo menos 50 mortos e cerca de 20 feridos. "Nossa equipe se dirige o mais rápido possível ao Nepal", afirmou Islã.

A polícia do Nepal indicou à EFE que até o momento foram confirmados sete mortos, segundo o porta-voz Manoj Neupane, embora a impresa local já fale em dezenas de vítimas.

O avião, um Bombardier Dash 8, com matrícula S2-AGU que chegou a Katmandu procedente de Daca (capital de Bangladesh), caiu durante a manobra de aterrissagem no aeroporto internacional Tribhuvan, o que provocou um incêndio e gerou uma grande coluna de fogo e fumaça.

Este é um dos piores acidentes dos últimos anos no Nepal, onde na última década várias pequenos aviões caíram, deixando dezenas de mortos, muitos deles turistas que visitavam o montanhoso país encravado na cordilheira do Himalaia.

Arquivado Em: