_
_
_
_

Netflix rompe com Kevin Spacey

Plataforma digital não participará da produção de ‘House of Cards’ se o protagonista continuar no elenco

El País
Kevin Spacey em estreia de ‘House of Cards’
Kevin Spacey em estreia de ‘House of Cards’Mario Anzuoni (REUTERS)
Mais informações
Kevin Spacey pede desculpas após ser acusado de abuso e se declara gay
Anthony Rapp, o homem que denunciou Kevin Spacey por assédio
Mulheres do mundo todo contam que também sofreram assédio sexual

A plataforma de vídeo Netflix anunciou nesta sexta-feira o rompimento de seu contrato com o ator Kevin Spacey, alvo de acusações de assédio sexual. Em nota, a empresa informou que “não terá mais qualquer participação na produção” da conhecida série House of Cards caso novas temporadas incluam esse ator. Nos últimos dias, oito pessoas que participaram de temporadas passadas acusaram Spacey de se comportar como um “predador sexual” no set de gravações. Na segunda-feira, a Netflix já havia anunciado a suspensão da sexta temporada por tempo indeterminado.

House of Cards é uma produção da empresa Media Rights Capital exibida pela Netflix. A plataforma global de streaming disse que continuará trabalhando de forma temporária com a Media Rights Capital enquanto avalia o futuro da série, que aborda em chave ficcional os bastidores do mundo político norte-americano.

Em sua nota, a Netflix acrescenta também que não lançará o filme Gore, sobre o escritor Gore Vidal (1925-2012), produzido e protagonizado por Spacey. O filme estava em fase de pós-produção.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_