Orgulho LGBT

“Se para você ela é só lésbica, o problema é seu”: a mensagem viral de um pai no World Pride de Madri

Foto da camiseta de apoio de familiares a uma jovem recebeu milhares de curtidas e compartilhamentos

Entre os carros alegóricos, cartazes e cânticos que inundavam as ruas de Madri no último fim de semana, uma camiseta levou o prêmio de melhor mensagem. Era branca com letras pretas, pouco chamativa entre tantas cores e bandeiras de arco-íris. Mas seu trocadilho conseguiu chamar a atenção de um tuiteiro (@juancarlosmohr) que a publicou em sua conta do Twitter.

Orgulho de pai #MadridWorldPride

Orgulho de pai #MadridWorldPride pic.twitter.com/UzS4YZIasP

- Juan Carlos mohr (@juancarlosmohr) 1º de julho de 2017

Em dois dias, a foto da camiseta foi compartilhada mais de 18.000 vezes e recebeu mais de 30.000 likes. Se você só ficou com as letras maiores e com a ideia de que a filha dele é lésbica, aqui vai a mensagem completa. E preste atenção nas letras miúdas.

View this post on Instagram

❤️💛💚💙💜 #lovewins

A post shared by Claudia Limón (@atunybacon) on

“Minha filha é inteligente, divertida, simpática, bonita, estudiosa, cheia de inquietações, risonha, agradecida, carinhosa, atenciosa, familiar, extrovertida e especial.

O problema é seu se para você ela é só lésbica”

A camiseta foi desenhada por Claudia Álvarez, conhecida como Claudia Limón, uma jovem de 26 anos natural de Cuenca. O homem que aparece na imagem é o pai de sua companheira, explica ela por email ao Verne. “Os pais da Meri queriam levar alguma mostra de apoio à manifestação”, conta. Para Álvarez, seu design não é a única razão do sucesso da camiseta nas redes. “O que verdadeiramente impressionou foi ver uma demonstração de amor e apoio tão incondicional a uma filha independentemente de sua orientação sexual”, acrescenta. “Todo o mérito é desses pais dispostos a usá-la com orgulho”.

Pai, mãe e filha orgulhosos na Parada.
Pai, mãe e filha orgulhosos na Parada.Claudia Álvarez

MAIS INFORMAÇÕES

Apesar de não aparecer na imagem que se popularizou no Twitter, a mãe de sua namorada também estava com uma camiseta parecida. Os quatro foram à celebração do Orgulho em Madri no sábado passado. Quem realmente mandou a mensagem foram eles. Os pais mais orgulhosos do Orgulho de Madri. “A comunidade LGTBIQ+ teve de apropriar-se de rótulos e apelidos que terceiras pessoas utilizavam como insultos até que decidimos torná-los nossos e usá-los com orgulho, nós e nossos pais”, diz Álvarez. “Se essa mensagem te provocar algo que não seja ternura, não acredito que o problema seja nosso”.

A designer gráfica detectou reações negativas sobre a mensagem da camiseta. “Tenho lido comentários de gente se queixando nas redes sociais: Não queremos saber se sua filha é lésbica! Deixe-nos em paz! e coisas do tipo, quando o que tentamos manifestar era justamente o contrário”, observa. “A camiseta é para aquelas pessoas que não querem ouvir falar do tema, mas quando ficam sabendo de sua condição não são capazes de olhar além”.

Álvarez diz que não tem planos de vender a camiseta, mas convida outras pessoas a usarem o design disponível em sua conta do Instagram. “Não acredito que deva lucrar com essa mensagem tão bonita”, diz.