Seleccione Edição
Login
22 fotos

Assim eles revelaram sua orientação sexual

Jodie Foster, Caitlyn Jenner ou Elton John são alguns dos famosos que falaram publicamente sobre suas orientações sexuais

Parada Gay reúne multidão em São Paulo contra preconceito e por estado laico Parada Gay reúne multidão em São Paulo contra preconceito e por estado laico
  • orgulho lgbt
    1Kristen Stewart Em 26 de julho de 2016, numa entrevista à ‘Elle’, a atriz falou com total naturalidade sobre sua orientação sexual. Embora não tenha pronunciado a palavra bissexualidade, ela se declarou muito apaixonada por sua namorada, Alicia Cargile, e contou que naquele momento se sentia mais à vontade para falar sobre seu relacionamento afetivo. Mas, se por acaso não tivesse ficado suficientemente claro, em fevereiro deste ano ela declarou com todas as letras no programa ‘Saturday Night Live’ que era homossexual. “Sou tão gay, cara”, foi a frase que disparou e com a qual respondeu às críticas de Donald Trump. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    2Caitlyn Jenner Em junho de 2015, Caitlyn Jenner estreou como mulher na revista ‘Vanity Fair’. Imortalizada pela fotógrafa Annie Leibovitz, Jenner posou para a capa ostentando um apertado espartilho de cetim bege. “Podem me chamar de Caitlyn”, era o título da entrevista. “Se estivesse no meu leito de morte e tivesse tido que manter este segredo sem nunca ter feito nada a respeito, estaria lá deitada dizendo: ‘Você arruinou sua vida inteira’”, confessou Jenner à publicação. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    3Ricky Martin “Hoje aceito minha homossexualidade como um presente que a vida me dá. Sinto-me abençoado por ser quem sou!” Assim termina a carta em que o cantor reconheceu abertamente a sua homossexualidade, em 2010. Aí terminavam anos de silêncio nos quais Martin manteve sua “quase verdade”, conforme escreveu. No comunicado, ele afirma: “Deixar-me seduzir pelo medo foi uma verdadeira sabotagem na minha vida. Hoje me responsabilizo completamente por todas as minhas decisões e todas as minhas ações”. Depois dessa aceitação pública saiu seu livro ‘Eu’, no qual conta toda a sua história. Cordon press
  • orgulho lgbt
    4Barry Manilow Durante décadas, Barry Manilow manteve sua vida privada sob completo sigilo. Mas neste ano, aos 73, a lenda da música falou sobre a sua sexualidade. Foi numa entrevista à revista ‘People’ na sua casa, em Palm Springs (Califórnia), ao lado do marido, Garry Kief. “Ele é a pessoa mais inteligente que conheci em minha vida, e um grande sujeito”, disse ele sobre o parceiro. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    5Jodie Foster Em janeiro de 2013, a atriz confirmou o que para muitos já era um segredo de polichinelo: ela é lésbica. Depois de receber o prêmio Cecil B. DeMille por sua contribuição à indústria do entretenimento, Foster declarou: “Acho que tenho uma urgente necessidade de dizer algo que nunca fui capaz de dizer em público, que me deixa um pouco nervosa, embora talvez não tanto como ao meu agente. Vou dizer com força e orgulho, ok? E vou precisar do apoio de vocês... Eu... estou solteira!”, brincou. “Estou morrendo de rir... Não, agora falando sério, não estou brincando, de verdade, mas quase. Espero que não fiquem decepcionados por este não ser um grande discurso de saída do armário. Faz milênios que saí do armário, na Idade de Pedra”, acrescentou. A atriz e diretora brincou com o fato de que atualmente todos os famosos revelam sua homossexualidade numa entrevista coletiva ou num ‘reality show’. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    6Jim Parsons Um perfil escrito em 2012 pelo ‘The New York Times’ confirmava os rumores a respeito da orientação sexual do ator. Nesse artigo, o protagonista de ‘The Big Bang Theory’ contava que é homossexual e que havia 10 anos mantinha um relacionamento estável com outro homem. Em maio deste ano, após 14 anos de relacionamento, finalmente casou-se com Todd Spiewak no Rainbow Room, em Nova York. CORDON PRESS
  • orgulho lgbt
    7Alan Cumming: Embora nunca tenha ocultado sua bissexualidade, o ator só viria a falar abertamente do tema em sua autobiografia, intitulada ‘Not My Father’s Son’ (“não sou o filho do meu pai”). Nessas memórias, ele detalha sua relação com seu parceiro, o desenhista gráfico Grant Shaffer. Antes, o ator foi casado com Hilary Lyon entre 1985 a 1993. “Estou um pouco cansado de tudo isto. Quando era heterossexual, não tinha que fazer referências ao fato de sê-lo”, disse numa entrevista. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    8Sejam Hayes Em abril de 2010, o ator que deu vida a Jack MacFarland na série cômica ‘Will e Grace’ anunciou à revista ‘The Advocate’ que ele, assim como seu personagem, era gay. “Sinto que contribuí monumentalmente para o sucesso da comunidade gay nos Estados Unidos, e se alguém quiser discutir isso comigo estou mais do que aberto”, disse.
  • orgulho lgbt
    9Anderson Cooper “O fato é que sou gay, sempre fui e sempre serei. E não posso me sentir mais feliz, mais à vontade comigo mesmo, nem mais orgulhoso.” Com estas palavras, o jornalista da rede CNN revelou publicamente sua orientação sexual. Cooper fez esta admissão ao seu amigo Andrew Sullivan num email que, com sua autorização prévia, foi publicado no site ‘The Daily Beast’. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    10Adam Lambert Em junho de 2009, o participante do programa ‘American Idol’ revelou sua orientação sexual em uma entrevista à revista ‘Rolling Stone’. “Não acredito que seja surpresa que sou gay, estou orgulhoso de minha sexualidade, e essa é apenas mais uma parte de quem eu sou.” Cordon Press
  • orgulho lgbt
    11Lance Bass O ex-integrante da banda ‘N Sync admitiu ser gay em 2006, numa entrevista exclusiva à ‘People’. “Eu sabia que fazia parte de uma banda popular e que tinha nas minhas mãos as carreiras de outros quatro garotos. E sabia que, se admitisse ser gay, isso poderia ofuscar tudo. Não sabia se isso podia acabar com o ‘N Sync. Achava que se alguém ficasse sabendo disso poderia ser terrível. Por isso nunca tentei”, reconheceu. Cordon Press
  • "Malu agora é minha esposa, minha família, minha inspiração pra cantar". Foi assim que a cantora Daniela Mercury assumiu seu relacionamento com a jornalista Malu Verçosa em abril de 2013. Em outubro do mesmo ano, as duas se casaram em uma cerimônia civil em Salvador. Desde então, Daniela assumiu uma postura em favor dos direitos da população LGBT no Brasil. Este ano comandou um dos trios elétricos da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Sua esposa estava ao seu lado, acompanhando tudo.
    12Daniela Mercury "Malu agora é minha esposa, minha família, minha inspiração pra cantar". Foi assim que a cantora Daniela Mercury assumiu seu relacionamento com a jornalista Malu Verçosa em abril de 2013. Em outubro do mesmo ano, as duas se casaram em uma cerimônia civil em Salvador. Desde então, Daniela assumiu uma postura em favor dos direitos da população LGBT no Brasil. Este ano comandou um dos trios elétricos da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo. Sua esposa estava ao seu lado, acompanhando tudo.
  • orgulho lgbt
    13Ellen Degeneres Em 1997, a comediante apareceu na capa da revista ‘Time’ com o título “Sim, sou gay”. Essa foi a primeira vez que a apresentadora decidiu falar sobre sua orientação sexual. Naquela entrevista, contou que achava que seria capaz de separar sua vida profissional da pessoal, e por isso até então buscava escapar de responder às perguntas sobre o assunto homossexualidade. “Não acredito que tivesse podido falar disto antes. Não acredito que as pessoas teriam aceitado a realidade como acredito que agora aceitarão. Agora me sinto muito mais à vontade comigo mesma, sem preocupações de que algo possa destruir minha carreira, porque agora eu tenho o controle, ou ao menos um pouco. Ninguém pode me prejudicar agora”, sentenciou DeGeneres, que é casada com a atriz Portia De Rossi. Cordon press
  • orgulho lgbt
    14Cynthia Nixon A intérprete de Miranda na série ‘Sex in the City’ revelou em 2012 que gostava das mulheres. “Recentemente, eu fazia uma palestra sobre empoderamento à comunidade gay. E disse que fui heterossexual e gay, e que ser gay era melhor. Eles me disseram que eu tinha que mudar isso, porque essa afirmação implica que a homossexualidade é uma opção. E, para mim, é uma opção. Entendo que para muitos não seja, mas para mim é, sim, e nada vai definir minha homossexualidade”, disse a atriz ao ‘The New York Times’. Nesse mesmo ano, ela se casou com Christine Marinoni. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    15Kelly Mcgillis A atriz de ‘Top Gun’ revelou ser lésbica em 2009, durante entrevista a uma rádio. “Definitivamente prefiro as mulheres. Larguei dos meninos. É parte de ser honesta comigo mesma. Foi todo um desafio para mim. Foi um caminho árduo”, disse na ocasião. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    16Neil Patrick Harris O ator de ‘How I Met Your Mother’ revelou sua homossexualidade numa entrevista à revista ‘People’ em 2006. “O público foi ótimo comigo, mas agora há certa curiosidade sobre minha vida privada e minhas relações sentimentais, então, antes que comecem a dar sua opinião sem me perguntar, estou disposto a esclarecer os rumores: tenho orgulho de dizer que sou um homem felizmente gay.” Cordon Press
  • orgulho lgbt
    17Ian Mckellen O britânico foi talvez um dos primeiros atores a admitir sua homossexualidade. Foi em 1988, à rádio BBC. Poucos dias depois, escreveu: “Aprendi que sair do armário era algo crucial para a minha autoestima. Aceito a responsabilidade que tenho, como pessoa com acesso aos meios de comunicação, de ajudar quem está atrás das câmeras, aqueles cujos pontos de vista não são levados em conta, e aqueles a quem a sociedade acostuma ignorar e abusar. Um ator está mais protegido. Ter aceitado minha orientação na BBC mudou minha vida para melhor”. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    18Elton John Em 1976 o britânico declarou à revista ‘Rolling Stone’ que era bissexual. “Não há nada de mau em ir para a cama com alguém do mesmo sexo. Acho que todos somos bissexuais em certo grau. Não acredito que seja só eu. Não é uma coisa ruim (…). Isso não deveria escandalizar ninguém. Ninguém tinha tido a coragem de me perguntar isso antes, mas se tivessem perguntado eu teria respondido. O que eu não faria seria dizer isso à toa. Minha vida é pessoal”, disse naquela ocasião. Atualmente, é casado com o produtor canadense David Furnish e tem dois filhos, Elijah e Zachary. Cordon Press
  • orgulho lgbt
    19George Michael Em 1998, após duas décadas de carreira musical, o cantor falou à CNN sobre sua orientação sexual. “Não tenho problemas em que as pessoas saibam que tenho uma relação com um homem. Há quase 10 anos não fico com uma mulher”, declarou na ocasião, depois de ser acusado de solicitar serviços sexuais a um policial disfarçado num banheiro de Beverly Hills, na Califórnia. Cordon Press
  • No livro “Só as Mães são felizes”, Lucinha Araújo, a mãe de Cazuza narra um diálogo que tece com o filho depois de questioná-lo se era homossexual e ele responde: “Você pode dizer que eu seja bissexual, porque não fiz minha escolha ainda. Um dia posso gostar de um homem como, no outro, gostar de uma mulher. Então não fique preocupada com isso”. O cantor, que assumiu ser portador do vírus HIV em 1989 quando a AIDS ainda era um tabu no Brasil, até hoje é lembrado como um símbolo LGBT.
    20Cazuza No livro “Só as Mães são felizes”, Lucinha Araújo, a mãe de Cazuza narra um diálogo que tece com o filho depois de questioná-lo se era homossexual e ele responde: “Você pode dizer que eu seja bissexual, porque não fiz minha escolha ainda. Um dia posso gostar de um homem como, no outro, gostar de uma mulher. Então não fique preocupada com isso”. O cantor, que assumiu ser portador do vírus HIV em 1989 quando a AIDS ainda era um tabu no Brasil, até hoje é lembrado como um símbolo LGBT.
  • orgulho lgbt
    21Wentworth Miller Em 2013, o protagonista de ‘Prison Break’ revelou sua orientação sexual em uma carta na qual se recusava a participar do Festival Internacional de Cinema de São Petersburgo devido ao tratamento dado aos gays na Rússia. “Como homem gay, devo declinar. Estou profundamente preocupado com a atitude atual e o tratamento dispensado aos gays por parte do Governo russo. A situação não é aceitável de maneira nenhuma. Não posso participar de uma celebração promovida por um país onde se nega sistematicamente às pessoas como eu o direito básico a viver e amar abertamente”, afirmou. Cordon Press