Jogos Olímpicos

Cerimônia de abertura da Olimpíada Rio 2016: os destaques minuto a minuto

Assim relatamos, em tempo real, a festa no Maracanã que deu início aos Jogos Olímpicos no Brasil

Rio de Janeiro / São Paulo - 09 ago 2016 - 18:42 UTC
Delagação da Angola desfila no Maracanã.
Delagação da Angola desfila no Maracanã.KAI PFAFFENBACH / REUTERS

Depois da cerimônia oficial de abertura da Olimpíada Rio 2016, as primeiras medalhas dos Jogos saem já neste sábado. A primeira final do dia acontece no tiro esportivo feminino, na carabina de ar 10 m. A decisão está marcada para às 10h30. Mais cedo, às 9h30, as meninas do handebol brasileiro estreiam contra a seleção da Noruega. Às 13h, o paulista Felipe Wu disputa a classificatória da pistola de ar 10 m no tiro esportivo. Candidato ao pódio, ele deve estar na disputa por medalhas, que está prevista para começar às 15h30. Pouco depois, a judoca Sarah Menezes, ouro em Londres 2012, luta na categoria peso ligeiro (abaixo de 48 kg) e tem chance de medalha. A primeira luta dela está marcada para às 11h52. As semifinais começam às 16h. Veja os outros jogos do Brasil abaixo.

Veja os principais destaques da cerimônia de abertura:

AO VIVO | Olimpíada Rio 2016: acompanhe o quinto dia

Acompanhe ao vivo a cobertura completa da terça-feira de competições no Rio que pode incluir pódio e medalha para os brasileiros.

As melhores imagens da cerimônia

Fotorreportagem com os melhores momentos e principais destaques da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos do Rio.

Gisele Bundchen, delírio prateado na abertura da Rio 2016

Ubermodel caminhou por mais de um minuto ao som de ´Garota de Ipanema´ e hipnotizando com o doce balanço da fenda de seu Alexandre Herchcovtich.

Rio ganha primeiro ouro para o Brasil

Maracanã recebeu uma festa popular e homenageou o maratonista Vanderlei Cordeiro.

O ‘Oil Man’ olímpico que vem de Tonga

Com o torso nu, taekwondista encantou as redes no mundo ao surgir de porta-bandeira besuntado

O porta-bandeira cubano: 130 quilos de ouro

Apesar de seu vício em arroz com feijão e nos guisados, o mestre da luta, Mijaín López, afirma que chega ao Rio em forma.

Atos contra Temer e contra os Jogos

Sindicatos, partidos e grupos de contestação se organizam em dois protestos. Polícia usou bombas de efeito moral para reprimir grupos 'black blocs'.

Com problemas de saúde, Pelé não irá à cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio

Ex -jogador estava cotado para acender a pira olímpica no Maracanã

Na corda bamba, Rio Olímpico passa pela primeira prova de fogo

Após uma estreia caótica para entrar nos estádios, a organização supera o desafio dos primeiros dias.

A pira que aprendeu a rebolar

O revezamento da tocha olímpica foi marcado por amor e ódio. Depois de 2016, ela não será mais a mesma.

O Brasil respira orgulhoso e aliviado com êxtase da cerimônia de abertura

Após as incertezas sobre toda a organização, Rio de Janeiro brilha e contagia de orgulho o país.

Opinião | Ok, eu me rendo à fantasia dos Jogos Olímpicos

A cerimônia de abertura derreteu até os corações mais cascudos para o que mais interessa: assistir aos atletas que furam o bloqueio do Brasil real para brilhar durante os Jogos.

Opinião | Um êxito para o Brasil

Uma cerimônia olímpica deixa de lado as diversas crises por que passa o país.

Temer reduz seu discurso na abertura da Olimpíada a 10 segundos e é vaiado

Estratégia de redução de danos do presidente interino não o livrou do constrangimento no Rio

Uma foto das favelas que mostra o contraste no Rio durante a Olimpíada

Além das fotos que registram o colorido espetáculo da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio, uma das imagens mais compartilhadas é a que mostra o contraste entre a festa no Maracanã e a realidade das favelas na cidade-sede.

Mais informações