Creme de cacau com avelãs, ou Nutella caseira

A versão caseira da clássica pasta de cacau e avelãs supera as industriais em sabor e qualidade

Festival sin aceites de palma ni guarrerías
Festival sin aceites de palma ni guarreríasANA VEGA 'BISCAYENNE'
Mais informações

Tudo bem que somos de gostos adquiridos, e, numa pesquisa que fizemos entre leitores da Espanha, a Nocilla, versão local tradicional, derrotou a Nutella. Mas se o que você gosta nesses cremes é o sabor do fruto seco, a realidade do mítico jingle da Nocilla – “Leite, cacau, avelãs e açúcar” – é que o produto espanhol leva ínfimos 4% de avelãs, contra 13% do concorrente italiano.

Na verdade, ambas se inspiram na receita da gianduia piemontesa, um creme de chocolate e pasta de avelãs inventado em Turim, na Itália, durante as guerras napoleônicas por causa da escassez de cacau. Esse creme, usado habitualmente como recheio de bombons, leva entre 30% e 50% de avelãs, e é o que vamos imitar aqui na versão caseira, evitando os azeites de palma e as enormes quantidades de açúcar que esses produtos costumam levar.

A quantidade de açúcar que usaremos é equivalente à que se encontra em um tablete de chocolate amargo, e a gordura provém exclusivamente dos frutos secos, da manteiga de cacau e de uma colherada de óleo vegetal de sabor suave (oliva, girassol ou, melhor ainda, avelã), que ajudará na trituração. Se torrarmos as avelãs por conta própria, até mesmo esse passo poderá ser ignorado, porque, quando recém-assadas e ainda quentes, soltarão mais facilmente seus óleos naturais.

A suavidade da textura final dependerá da potência do nosso aparelho triturador, mas o resultado será bárbaro de qualquer maneira. Com um pingo de baunilha, o creme fica com um gosto surpreendentemente parecido com o da Nutella, mas você pode inovar e usar chocolate com sabores (laranja ou hortelã) ou acrescentar café em pó, gengibre ou outras especiarias, e inclusive substituir o fruto seco principal por amêndoas, por exemplo. Também é possível trocar o chocolate derretido por três colheradas de cacau puro em pó, mas nesse caso a pasta ficará um pouco mais seca, a não ser que você acrescente algum adoçante viscoso, como xarope de agave ou mel.

Por não levar leite nem qualquer outro ingrediente perecível, não é preciso guardar o creme na geladeira, e ele aguentará perfeitamente por pelo menos duas semanas. Ou mais, mas a verdade é que para mim nunca sobrou nada além desses dias. Pode-se usar para besuntar o pão, como recheio de confeitaria, misturado ao chantili em forma de mousse ou para enfiar o dedo no pote e chupá-lo sem culpa.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: