Suspeita de terrorrismo

Atentado a faca em Londres deixa ao menos três feridos

Autor do ataque, considerado pelas autoridades como incidente terrorista, foi morto pela polícia. É o segundo episódio do tipo em pouco mais de dois meses

Policial armado reforça a segurança em Streatham, em Londres, onde três pessoas foram feridas a faca.
Policial armado reforça a segurança em Streatham, em Londres, onde três pessoas foram feridas a faca.STR / EFE

A Polícia Metropolitana de Londres matou neste domingo, em Streatham (sul da capital britânica), um homem que havia esfaqueado pelo menos três pessoas, segundo as autoridades. A Scotland Yard trabalha com a hipótese de um “incidente terrorista”, como informou em sua conta do Twitter. Um dos feridos está em estado grave. Streatham é um bairro do distrito de Lambeth, situado cerca de oito quilômetros de Charing Cross, uma das estações mais importantes da capital inglesa. A polícia abateu a tiros o suposto autor do atentado por volta das 14h (11h em Brasília).

Leia mais sobre terrorismo

Testemunhas citadas pela BBC disseram que ouviram três disparos. Outras relataram à Sky News que o agressor segurava um facão e objetos que pareciam ser cilindros prateados ao redor do peito. A Streatham High Road, principal via da região, continua interditada nos dois sentidos devido às investigações realizadas pelas forças de segurança. A deputada trabalhista por Streatham, Bell Ribeiro-Addy, afirmou que um dos esfaqueados está em estado grave.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, agradeceu os serviços de emergência por seu trabalho. “Obrigado aos serviços de emergência por responderem ao incidente em Streatham, que a polícia declarou como terrorista. Meus pensamentos estão com os feridos e os afetados.” O prefeito de Londres, Sadiq Khan, também reagiu ao ataque através de um comunicado nas redes sociais. “Os terroristas buscam nos dividir e destruir nossa forma de viver. Em Londres nunca deixaremos que consigam isso.”

O último atentado na capital britânica ocorreu em novembro passado, quando a Polícia Metropolitana matou a tiros o terrorista na ponte de Londres, mesmo local de outro atentado realizado dois anos e meio antes. Duas pessoas morreram e outras três ficaram feridas durante o ataque.


Mais informações

O mais visto em ...

Top 50