Coluna
i

Bolsonaro, Trump e a masculinidade tóxica como espetáculo na política

A bufonice dos dois seria apenas ridícula não fossem os efeitos trágicos nas populações mais vulneráveis e o poder de contágio em outros machos no poder

Trump deixa o hospital em Maryland.
Trump deixa o hospital em Maryland.Evan Vucci / AP

“Não tenha medo da covid”, disse presidente Donald Trump pelo Twitter, “não deixe a doença dominar sua vida”. Com a autoridade de um sobrevivente de covid-19, as palavras foram ditas logo antes de sair do hospital. A quem ele se dirigia? Aos milhares de latinos e negros, migrantes e pobres que morreram? Não, esses parecem importar pouco —é gente descartável, cujo luto se ignora, gente...

Mais informações