Lula da Silva

Lula anuncia casamento com namorada e caravana pelo Brasil

O ex-presidente diz estar apaixonado e anuncia que vai se casar com Rosângela da Silva, socióloga que se uniu a ele durante a sua prisão

Lula e a namorada, Rosângela da Silva.
Lula e a namorada, Rosângela da Silva.CARL DE SOUZA (AFP)

“Quero apresentar a vocês uma pessoa especial”, avisou o ex-presidente Lula à multidão eufórica que o assistia em sua saída da prisão de Curitiba. Ao seu lado, sorria a socióloga Rosângela da Silva, a Janja, namorada do líder petista. “Consegui a proeza de, preso, arrumar uma namorada, estar apaixonado e ela aceitar casar comigo”, avisou, selando o anúncio com um beijo em público. Aos 74 anos, Lula pretende se casar ainda este ano com Rosângela, a quem conhece há anos. Dois dos padrinhos serão o cantor Chico Buarque e Cristiano Zanin, advogado que lidera a equipe de defesa do ex-presidente, segundo anunciou em uma entrevista ao site Brasil de Fato. Os planos são de uma cerimônia pequena, para a família e os amigos mais íntimos, em dezembro, em São Bernardo do Campo (SP), onde ele tem residência e onde começou sua carreira como sindicalista e político.

MAIS INFORMAÇÕES

Na mesma entrevista, Lula disse cogitar morar no Nordeste após sair da prisão. "Fico sonhando em sair daqui, decidir onde vou morar. Quando deixei a Presidência, tinha vontade de morar no Nordeste, vontade de voltar para meu Pernambuco, vontade de morar não perto da praia, mas num lugar em que pudesse ir à praia. Pensava em ir para Bahia, Rio Grande do Norte, mas a Marisa não quis ir porque ela nasceu em São Bernardo, e o mundo dela era São Bernardo. Eu não tenho mais o que fazer em São Bernardo. Não sei para onde ir, mas quero me mudar para outro lugar", afirmou, na época, o ex-presidente, referindo-se a Marisa Letícia Rocco, com quem esteve casado por mais de quatro décadas. Marisa faleceu em 2017, devido a um acidente vascular cerebral. Com ela, Lula teve três filhos: Fábio Luís, Sandro Luís e Luís Cláudio, embora também tenha adotado Marcos Cláudio, filho de um relacionamento anterior de Marisa. E ele mesmo já tinha outra filha, Lurian. Nesta sexta, ele confirmou que pretende fazer uma caravana pelo Brasil. 

As especulações sobre a vida amorosa do ex-presidente na prisão começaram em 14 de maio, com a publicação de uma nota oficial que desmentia a informação de que ele tivesse um perfil no Tinder. Dois dias depois, foi divulgada a notícia de que ele estava apaixonado e pretendia se casar assim que saísse da prisão. Há pouco mais de um ano, o político começou a cumprir uma pena de 12 anos e um mês, revista para oito anos, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. “Lula está em excelente forma física. Está apaixonado e seu primeiro projeto ao sair da prisão é se casar”, revelou Luiz Carlos Bresser Pereira, economista e amigo do ex-presidente, depois de visitá-lo.

A socióloga Rosângela da Silva.
A socióloga Rosângela da Silva.

A namorada de Lula controla as visitas que ele recebia em Curitiba. Não se conhece sua idade, mas fontes do PT especulam que teria entre 40 e 45 anos. Janja o visitou toda quinta-feira, depois que a família do ex-presidente ia embora. Costumavam conversar durante quase uma hora, mas não há visitas íntimas, uma situação da qual Lula se queixava com frequência.

“Eu adoraria estar em casa com minha mulher, meus filhos, meus netos, com meus companheiros”, disse Lula numa entrevista ao EL PAÍS em abril. Na época, pensou-se que era um lapso, em menção a Marisa, mas na verdade, era Rosângela que já estava em sua vida. O ex-presidente atualmente usa uma aliança na mão direita. Foi dada de presente por Rosângela num dia em que ela lhe perguntou se a relação dos dois era séria, segundo uma reportagem da revista Época. Quando ele respondeu afirmativamente, ela foi implacável: “Então você vai usar isto”. Segundo a mesma publicação, os filhos de Lula não reagiram bem ao saber do namoro e ainda não aprovavam totalmente o novo relacionamento do seu pai. Nas redes sociais, Rosângela só tem contato com uma neta agregada de Lula, Bia Lula, filha da primogênita do ex-presidente.

Embora pessoas mais próximas do petista tenham desaprovado o que viram como indiscrição de Bresser-Pereira, há quem ache que se tratou de um gesto pensado e decidido por Lula, que teria desejado fazer uma demonstração pública de carinho para sua namorada ao mencionar esses planos matrimoniais.

Exceto pelas visitas da namorada e de alguns familiares e amigos, Lula passou quase todo o tempo sozinho. Não estava numa prisão comum, e sim numa cela de 15 metros quadrados, na verdade uma sala com televisão na sede regional da Polícia Federal em Curitiba. Um grupo de admiradores continua acampado em frente ao prédio desde o dia da prisão e diariamente o cumprimentava com gritos de “bom dia, presidente”, “boa tarde, presidente” e “boa noite, presidente”.

“Sinceramente não sei como algum dia poderei agradecer a todas essas pessoas por seu apoio”, comentou Lula na entrevista de abril ao EL PAÍS e ao jornal Folha de S. Paulo, a primeira que concedeu durante a prisão. Esses admiradores estiveram ao seu lado nos dois momentos mais duros que ele viveu na prisão: as mortes de seu irmão Genival Inácio da Silva, aos 79 anos, ocorrida no fim de janeiro, e a de seu neto Arthur Araújo Lula da Silva, aos sete anos, devido a uma infecção generalizada.

Nessa ocasião, a Justiça autorizou Lula a viajar para o velório do neto em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo. “Às vezes penso em como teria sido mais fácil que eu tivesse morrido. Porque já vivi 73 anos, poderia morrer e deixar que meu neto vivesse”, disse Lula, chorando, na sua conversa com o EL PAÍS.