Brasil vence o Uruguai com gol de pênalti de Neymar

Arbitragem ignora toque no braço de Danilo e marca penalidade bastante contestada pelos uruguaios. Resultado premia atuação voluntariosa do capitão brasileiro, que chega a 60 gols pela seleção

Neymar marcou, de pênalti, o gol da vitória brasileira sobre o Uruguai.
Neymar marcou, de pênalti, o gol da vitória brasileira sobre o Uruguai.PETER CZIBORRA (Reuters)
Mais informações
Tite x Tabárez, um duelo de professores
O infindável milagre do futebol uruguaio
Camisa da seleção, o símbolo contaminado por rixas ideológicas
A seleção que despreza sua gente

O Brasil derrotou o Uruguai por 1 a 0 nesta sexta-feira, no Emirates Stadium, na Inglaterra, em amistoso preparatório para a Copa América 2019. Aos 30 minutos do segundo tempo, Neymar anotou o gol da vitória brasileira em cobrança de pênalti. A marcação da penalidade gerou muita reclamação dos uruguaios, já que, na origem da jogada, a bola havia tocado no braço de Danilo. Alheio aos protestos dos rivais, o capitão brasileiro aproveitou a cobrança para chegar aos 60 gols pela seleção, o terceiro após a Copa do Mundo – período em que acumula seis assistências.

Depois de começar bem o jogo, sem deixar o time celeste respirar no campo de defesa, a seleção diminuiu o ritmo e teve dificuldades para superar a aplicação tática dos uruguaios, que sacrificavam Cavani na marcação pelo lado direito. Na etapa final, Tite mexeu na equipe, que melhorou com as entradas de Richarlison e do estreante Allan.

Com os desfalques de Casemiro, Marcelo e Philippe Coutinho, lesionados, o treinador lançou Walace e Arthur, que formaram a dupla de volantes titular, enquanto Roberto Firmino compôs o ataque ao lado de Neymar e Douglas Costa. Pelo lado celeste, Martín Silva (Vasco) e De Arrascaeta (Cruzeiro), que atuam no futebol brasileiro, não saíram do banco de reservas.

Antes do apito inicial, a organização da partida prestou homenagem a Aldyr Schlee, criador da camisa amarela da seleção brasileira, que morreu nesta quinta-feira, em Pelotas, aos 83 anos. O último compromisso dos comandados de Tite este ano é contra Camarões, na próxima terça-feira (20), em Milton Keynes, também na Inglaterra.

Veja como contamos Brasil x Uruguai, minuto a minuto:

Breiller Pires
Encerramos por aqui nossa cobertura do amistoso entre Brasil e Uruguai. Obrigado pela companhia e até a próxima!
Breiller Pires
Breiller Pires
Já no fim da vida, Aldyr Schlee andava decepcionado após perceber que sua obra havia se tornado um símbolo político em protestos de direita: “Queria que a seleção usasse uma cor diferente da amarela, para que não me associem mais a ela”. Leia mais: http://cort.as/-7CJA
Breiller Pires
Breiller Pires
Aldyr Schlee, criador da camisa amarela da seleção brasileira, morreu nesta quinta-feira, em Pelotas, aos 83 anos. Ele foi homenageado antes da bola rolar no Emirates Stadium. Curiosamente, Aldyr era torcedor do Uruguai, adversário derrotado pelo Brasil.
Breiller Pires
Breiller Pires
O próximo e último compromisso do Brasil este ano será contra Camarões, em Milton Keynes, na próxima terça-feira, às 17h30 (horário de Brasília).
Breiller Pires
Breiller Pires
Em sua primeira convocação, Allan, volante do Napoli, entrou no lugar de Renato Augusto e mostrou serviço. Deu mais mobilidade ao meio-campo, aproximando do ataque para tabelar com Neymar, Firmino e Richarlison. Foto: Reuters.
Breiller Pires
Breiller Pires
Tite elogiou bastante a estreia de Allan e Richarlison, que voltou a receber oportunidade na seleção. "Agradáveis surpresas", descreveu o treinador.
Breiller Pires
Breiller Pires
Neymar chegou aos 60 gols pelo Brasil. É o quarto maior artilheiro da seleção. Foto: Getty Images.
Breiller Pires
Breiller Pires
Uruguaios reclamam bastante com a arbitragem por causa do lance do pênalti. Antes da queda de Danilo, a bola havia tocado no braço do lateral brasileiro.
Breiller Pires
Breiller Pires
Termina o jogo! Brasil 1 x 0 Uruguai.
Breiller Pires
Breiller Pires
47 minutos. Richarlison segura a bola pela direita e descola a falta.
Breiller Pires
Breiller Pires
45 minutos. Suárez cobra mal a falta. Na rebatida, Richarlison puxa o contragolpe para a seleção, mas a zaga uruguaia intercepta.
Breiller Pires
Breiller Pires
44 minutos. Méndez cruza da direita e o árbitro marca toque de braço de Filipe Luís. Vem bola na área do Brasil...
Breiller Pires
Breiller Pires
42 minutos. Agora é a vez de Arthur sofrer falta pelo lado esquerdo. Seleção cadencia o jogo e administra o resultado.
Breiller Pires
Breiller Pires
41 minutos. Neymar dá uma caneta em Cavani, que apela para a falta. Por reclamação, atacante uruguaio leva o cartão amarelo.
Breiller Pires
Breiller Pires
40 minutos. Gol tirou o ímpeto do Uruguai, que parece desgastado fisicamente após tanto esforço na aplicação tática.
Breiller Pires
Breiller Pires
39 minutos. Substituição no Uruguai: sai Vecino, entra Valverde.
Breiller Pires
Breiller Pires
36 minutos. UUHHH! Neymar cruza para Richarlison, que bate bonito, de primeira. Bola passa raspando a trave direita de Campaña.
Breiller Pires
Breiller Pires
30 minutos. Com categoria, Neymar desloca Campaña e abre o placar no Emirates Stadium. Brasil 1 x 0 Uruguai.
Breiller Pires
Breiller Pires
GOOOOOOL DO BRASIL!!!
Breiller Pires
Breiller Pires
29 minutos. Danilo conduz a bola com o braço e é derrubado por Laxalt. Assistente marca a penalidade.
Breiller Pires

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS