Seleccione Edição
Login

Morre Mark Salling, ator de ‘Glee’ condenado por possuir pornografia infantil

Artista, que foi encontrado morto, foi condenado em outubro e aguardava a sentença final

Mark Salling Glee
O ator Mark Salling, em 2015. AP

O ator Mark Salling, conhecido por seu papel como Noah Puck Puckerman na série Glee, foi encontrado morto nesta terça-feira no bairro Sunland de Los Angeles (EUA), segundo informou o portal TMZ, que cita autoridades norte-americanas. Segundo o site, tudo aponta que o intérprete pode ter se suicidado, mas as autoridades ainda não confirmaram se foi mesmo suicídio.

Mark Salling foi condenado pela posse de pornografia infantil em outubro do ano passado após ele mesmo ter confessado o delito durante o julgamento. A sentença final era esperada para março e estimava-se uma condenação dentre quatro e sete anos de cadeia e até 20 anos de liberdade condicional. Como parte de seu acordo com a promotoria, pelo qual ele confessou o crime e evitou uma sentença condenatória muito maior, o ator de Glee, de 35 anos, reconheceu ter baixado da Internet milhares de arquivos de pornografia infantil durante vários meses de 2015.

Após a vistoria de sua casa pelas autoridades no final daquele ano, o ator foi detido por este motivo em abril de 2016, quando os investigadores encontraram em seu domicílio mais de 50.000 imagens pornográficas e eróticas de crianças e 600 vídeos com a mesma temática. Ao que parece, ele usava um programa para que seu IP não fosse detectado, mas mostrou as imagens em duas ocasiões para uma mulher, que foi quem lhe denunciou à polícia. Por isso, Salling passou a fazer parte do registro de delinquentes sexuais e foi orientado a receber tratamento psicológico, segundo os documentos apresentados nos tribunais.

Mark Salling Glee
Mark Salling, à direita da imagem, em um fotograma da sexta temporada de 'Glee'.

Mark Salling nasceu o 17 de agosto de 1982 em Dallas (Estados Unidos) e foi criado em "um estrito meio cristão", segundo contou em uma entrevista. Ficou conhecido na comédia musical Glee, na que interpretou Noah Puck Puckerman ao longo das seis temporadas, entre 2009 e 2015. Além disso, lançou dois álbuns. Durante a gravação da série, em 2013, foi denunciado por agressão sexual por uma mulher que alegou que o ator manteve relações com ela sem proteção, apesar de ela ter pedido para que ele usasse um preservativo. Depois de se tornar pública sua detenção, o ator não voltou a trabalhar nem conseguiu participar de projetos televisivos ou cinematográficos.

MAIS INFORMAÇÕES