Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Zidane: “Não vejo o Real Madrid sem Cristiano Ronaldo”

Técnico francês diz que o time madrilenho é o clube do português e onde ele tem de estar

Benzema com Cristiano, Casemiro, Isco e Achraf durante treino nesta quarta-feira. Ampliar foto
Benzema com Cristiano, Casemiro, Isco e Achraf durante treino nesta quarta-feira. EFE

O Real Madrid enfrenta nesta quinta-feira o Leganés no jogo de ida das quartas de final da Copa do Rei. E o faz em plena crise, 19 pontos atrás do Barcelona no Campeonato Espanhol e passando por dificuldades frente a todos os adversários recentes, independente da divisão. A temporada será decidida na partida das oitavas de final da Champions League contra o PSG, e o clube busca se dedicar também, como pode, à Copa, outro título que ainda pode disputar. Na entrevista coletiva desta quarta-feira, o técnico Zidane respondeu a apenas duas perguntas sobre o Leganés, feitas pelo site e pelo canal de TV do próprio clube. Todas as demais giraram em torno de Cristiano Ronaldo.

O atacante português mantém há alguns meses uma rusga com o clube, que renovou o seu contrato em novembro de 2016 (até 2021) e lhe elevou a remuneração para 21 milhões de euros. O atleta, porém, acredita que esse valor não condiz com o seu status (ele acabou de ganhar sua quinta Bola de Ouro), ainda mais se comparado com o que recebem Messi (cerca de 40 milhões) e Neymar (cerca de 30 milhões). No clube, afirma-se que a renovação é recente e que nela se prevê um aumento salarial.

"Tudo o que se fala a respeito de Cristiano Ronaldo, inclusive sobre eventuais saídas do clube, pode influenciar seu rendimento no gramado?", perguntou-se na manhã desta quarta-feira a Zidane. “Não estou preocupado com isso. Sabemos o que se pode falar e discutir fora, mas dentro de campo Cristiano só tem de pensar em jogar, como sempre fez. Só quero falar sobre o seu desempenho e sobre o que ele pode trazer para a equipe”, respondeu o técnico francês, a quem perguntaram, pela enésima vez, se ele consegue imaginar um Real Madrid sem o jogador. “Não, já falamos sobre isso várias vezes e eu volto a repetir. Cristiano está no seu clube, o clube onde ele tem de estar. Todos gostam dele. Não enxergo um Real Madrid sem Cristiano”, disse.

“Se for verdade que Cristiano Ronaldo quer ganhar mais, entende que seja este o momento de reivindicar isso?”, insistiu-se. “Não quero falar sobre isso. Cristiano é maior de idade para fazê-lo, é com o clube que que ele tem de falar sobre isso. Eu e ele conversamos sobre coisas do esporte, do campo, e quando ele está em Valdebebas [onde fica a Ciudad Real Madrid] está sempre concentrado em trabalhar e treinar, não quer falar sobre outras coisas, e isso é melhor para todos. As coisas de fora do campo é ele quem cuida, e eu não me meto nisso”, afirmou o técnico francês.

Perguntou-se a Zidane também, considerando o seu passado como jogador, se essas situações incômodas, em que o atleta não se sente feliz, podem afetar o rendimento em campo. “Cada um encara de forma diferente”, respondeu o treinador, que continua sem poder contar com Sergio Ramos, que tem uma lesão muscular na panturrilha. Por outro lado, Benzema já está de volta e vem treinando nos últimos três dias com os demais jogadores.

MAIS INFORMAÇÕES