Real Madrid

Cristiano Ronaldo: “Com Zidane fomos de zero a cem”

Atacante do Real Madrid destaca papel ‘fundamental’ do treinador para conseguir vencer a Champions

Cristiano Ronaldo treina com o Real Madrid e prepara sua volta.
Cristiano Ronaldo treina com o Real Madrid e prepara sua volta.P.P. MARCOU (AFP)

O atacante do Real Madrid Cristiano Ronaldo analisou o papel “fundamental” desempenhado pelo treinador Zinedine Zidane na temporada passada. “Desde que ele chegou, fomos de zero a cem”, disse CR7, que não tinha bom relacionamento com Rafa Benítez, o ex-treinador dos merengues. “Estávamos 12 pontos atrás do Barcelona e terminamos a um. Na Liga dos Campeões fizemos o que tínhamos de fazer. O que mais se pode pedir a Zidane? Ele merece todo o crédito”, disse o artilheiro da UEFA Champions League.

MAIS INFORMAÇÕES

Numa entrevista publicada no site da UEFA, Cristiano se referiu aos resultados da última temporada. “Em relação a títulos, foi a melhor da minha carreira”, afirmou. Ronaldo terminou como artilheiro do torneio europeu pelo quarto ano consecutivo, com 16 gols. “No nível individual também foi extraordinário porque fui artilheiro da Champions e fiz uma boa Eurocopa”, avaliou.

Referindo-se à final contra o Atlético de Madri, quando bateu o pênalti decisivo, CR7 reconheceu o trabalho dos atletas de Diego Simeone (treinador do Atlético), uma equipe que, conforme disse, “também mereceu vencer a Champions”. “Tivemos um pouco de sorte, porque os pênaltis são sempre uma loteria”, disse o craque português.

Cristiano, que pretende voltar aos gramados no dia 10 de setembro contra o Osasuna pelo Campeonato Espanhol, depois de sua lesão na final da Eurocopa, também se referiu ao título conquistado com a seleção de Portugal. “Para ser honesto, não pensava que pudéssemos vencer a Euro”, confidenciou. “No entanto, jogo a jogo comecei a acreditar que era possível. No final, merecemos porque jogamos como uma equipe”, concluiu.

Esta será a 14 ª temporada de Cristiano Ronaldo na Champions. Sobre o assunto, o português acrescentou: “Ser o maior artilheiro da história da competição a torna mais especial para mim. Este torneio é especial para mim, especial para o Real Madrid e tentaremos vencê-lo novamente nesta temporada”.

Cristiano é o favorito para o prêmio de “Melhor jogador da Europa”, que a UEFA concederá na quinta-feira. Disputa o prêmio com seu companheiro de equipe, o galês Gareth Bale, e o francês Antoine Griezmann, do Atlético Madri.

Arquivado Em: