Seleccione Edição
Login

Nico Rosberg se aposenta da Fórmula 1

Menos de uma semana depois de ganhar seu primeiro título, alemão anunciou nesta sexta que vai pendurar o macacão

Nico Rosberg aposentadoria
Rosberg em coletiva de imprensa. AFP

Apenas cinco dias depois de repetir o feito do pai e se sagrar pela primeira vez campeão mundial de Fórmula 1, Nico Rosberg anunciou sua aposentadoria. O alemão, de 31 anos, conquistou o título no domingo passado, num emocionante final de Mundial em Abu Dhabi.

Depois de comemorar com a família e cumprir os compromissos promocionais de rigor, Rosberg surpreendeu o mundo inteiro na cerimônia de gala da Federação Internacional do Automóvel, ocorrida em Viena na tarde deste sábado (horário local).

“Quero aproveitar esta oportunidade para anunciar que decidi encerrar a minha carreira na Fórmula 1 aqui e neste preciso momento”, declarou Rosberg, cujo contrato com a Mercedes foi renovado em julho, com duração até o final de 2018.

“Depois de me passar 25 anos correndo, meu sonho de me proclamar campeão do mundo de F-1 se tornou realidade. Escalei essa montanha e agora estou no topo, e isso é bom. Minha maior gratidão é àqueles que tornaram isso possível e que me apoiaram”, disse o alemão na nota oficial que publicou em seu perfil em diversas redes sociais.

Salvar

“Esta temporada foi tremendamente dura. Depois das grandes decepções dos dois últimos anos, não deixei pedra sobre pedra. [Seu entorno] me alimentou até um nível que eu nunca havia conhecido. Mas tudo isso também teve um impacto para aqueles a quem amo”, prossegue o comunicado. “Foi um esforço de toda uma família, que se fixou em um objetivo comum. Não encontro palavras suficientes para agradecer à minha mulher, Vivian.”

“Quando ganhei em Suzuka e o destino do campeonato ficou nas minhas mãos, a pressão aumentou e comecei a pensar em encerrar minha carreira se obtivesse o título. Finalmente, tomei a decisão na segunda-feira à tarde.”

Depois da notícia, espera-se que Mercedes faça um anúncio oficial de quem será o novo colega de Lewis Hamilton na escuderia das Flechas Prateadas.

“Estamos diante de uma nova era quanto ao regulamento, e temos uma vaga. Então vamos refletir por um período oportuno antes de tomarmos uma decisão”, disse Toto Wolff, chefe da escuderia com sede em Brackley (Grã-Bretanha).

O comunicado de Rosberg no Facebook:

Salvar

MAIS INFORMAÇÕES