Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Três jogadores da Chapecoense, dois tripulantes e um jornalista entre os resgatados no acidente

Autoridades confirmam que feridos foram levados a hospitais da região após queda no avião da Chapecoense

Médicos colombianos transportam jogador Alan Ruschel. LUIS EDUARDO NORIEGA EFE

O acidente com o avião que levaria a delegação da Chapecoense a Medellín caiu na noite de segunda-feira, deixando dezenas de mortos e seis sobreviventes, segundo as autoridades locais. O acidente ocorreu por volta de 21h30 (0h30 de terça pelo horário de Brasília), quando o avião, um modelo BaE 146 operado pela empresa LAMIA, se aproximava do aeroporto José María Córdova, em Medellín, onde o time disputaria o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional local. Viajavam no avião acidentado 22 atletas, 28 outros membros da delegação, 22 jornalistas e 9 tripulantes, segundo a Aeronáutica Civil da Colômbia.

Inicialmente, uma lista da aeronáutica colombiana afirmava que Marcos Danilo Padilha, goleiro, também estava entre os resgatados com vida. Mas em uma nova lista, divulgada posteriormente, o nome dele não constava mais. Havia sido substituído pelo do jogador Helio Zampier Neto. Mais tarde, a clínica médica que fez seu atendimento confirmou que ele chegou a ser atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu, de acordo com a GloboNews.

Estes são os resgatados com vida já confirmados até o momento:

Alan Ruschel, lateral esquerdo

O atleta está em condição “estável” num hospital próximo ao local do acidente, na localidade de La Ceja, segundo sua esposa, Amanda Ruschel. “Graças a Deus, Alan está no hospital, em estado estável. Estamos rezando por todos os que ainda não foram resgatados. Força para toda a família”, escreveu ela no Instagram. O lateral, de 23 anos, chegou em estado de choque ao Hospital San Juan de Dios, perguntando insistentemente por sua família e pedindo para que sua aliança fosse guardada, segundo relato da agência Efe no local.

O goleiro Jackson Ragnar, quando jogava com o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.
O goleiro Jackson Ragnar, quando jogava com o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Jackson Ragnar Follman, goleiro

Alfredo Bocanegra, diretor da Aviação Civil da Colômbia, confirmou que os serviços de emergência também resgataram com vida Jackson Ragnar Follman, de 21 anos, goleiro.

Helio Zampier Neto, zagueiro

Mais conhecido como Neto, o jogador de 31 anos atua como zagueiro. Foi anunciado como novo jogador do elenco do time no começo do ano passado.

Ximena Suárez, comissária

A auxiliar de voo também está na lista de sobreviventes resgatados divulgada pela Aeronáutica Civil colombiana. Segundo o comunicado feito à imprensa, ela foi levada para a clínica Somer de Rionegro.

Erwin Tumiri, técnico da aeronave

Segundo a nota oficial, ele também foi retirado dos escombros e levado para a clínica Somer de Rionegro, ainda com vida.

Rafael Hensel, jornalista

Jornalista da Rádio Oeste Capital de Chapecó (Santa Catarina) ele também acompanhava o time no voo que seguia para a Colômbia.

MAIS INFORMAÇÕES