Câmara adia votação que pode anistiar o crime de caixa 2

Rodrigo Maia diz que votação das Dez Medidas contra a Corrupção será feita na próxima terça-feira

Deputados discutem durante a sessão desta quinta-feira.
Deputados discutem durante a sessão desta quinta-feira.Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

A Câmara dos Deputados decidiu adiar para a próxima terça-feira o pacote com as Dez Medidas Anticorrupção (PL 4850/16), um projeto inicialmente de iniciativa popular, proposto pelo Ministério Público Federal. O texto do relator, o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS), entretanto, deve sofrer alterações. Na madrugada, vários partidos se articularam para incluir a anistia à prática do crime de caixa 2, o que pode beneficiar investigados pela Lava Jato. Após a votação na Câmara, o texto segue para o Senado.

Heloísa Mendonça
Afonso Benites
Movimentos convocam manifestação para frente do Congresso, mas ninguém aparece.
André De Oliveira
Mais cedo, o procurador da Lava-Jato, Carlos Fernando dos Santos Lima, disse que "Hoje não é um dia de luva de pelica, hoje é um dia de luva de boxe. Nós não temos mais o que discutir senão fazer os deputados caírem em si". http://cort.as/otCN
Heloísa Mendonça
Maia afirma que a votação ficará para a próxima terça-feira.
Afonso Benites
Diz Rodrigo Maia: “Não há anistia para crime que não existe. É um jogo de palavras para enfraquecer o parlamento brasileiro”.
Heloísa Mendonça
"O Brasil de 2016 não permite que nenhuma decisão seja tomada sem debate", afirma Maia.
Heloísa Mendonça
O presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), diz que vai encerrar a sessão.
Marina Rossi
Heloísa Mendonça
O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), preside a sessão.
EL PAÍS BRASIL
Daltan Dallagnol afirma que se preocupa com o "cerceamento da atividade legítima de investigação e julgamento de crimes", caso o pacto de medidas seja aprovado
Heloísa Mendonça
Veja na íntegra a nota publicada pelo juiz federal Sergio Moro sobre o projeto de anistia de caixa 2.
Marina Rossi
Heloísa Mendonça
"Preocupa, em especial, possibilidade de que, pretexto de anistiar doações eleitorais não registradas, sejam igualmente beneficiadas condutas de corrupção de lavagem de dinheiro praticadas na forma de doações eleitorais, registradas ou não", afirmou Moro.
Heloísa Mendonça
O juiz Sergio Moro, por meio de nota, que toda anistia é questionável, pois estimula desprezo lei gera desconfiança. "Então, deve ser prévia amplamente discutida com população deve ser objeto de intensa deliberação parlamentar".
Gil Alessi
Sobre as alterações no pacote anti-corrupção, Dallagnol afirmou que a sociedade levou para a Câmara uma "águia", e os deputados "a depenaram".
Marina Rossi
"O que nos preocupa hoje é a possibilidade de um enorme retrocesso", disse Daltan Dallagnol
Heloísa Mendonça
No Twitter, a hashtag #AnistiaCaixa2NAO está entre as cinco mais usadas no mundo neste momento.
Heloísa Mendonça
A aprovação deste pacote seria um "golpe fatal para a Lava Jato", de acordo com Deltan Dallagnol, coordenador do Ministério Público Federal do Paraná.
Heloísa Mendonça
MBL critica tentativa de anistia do caixa 2.
Heloísa Mendonça
O deputado Alessandro Molon (Rede-RJ) afirma que a Rede é contrária a tentativa de anistiar caixa 2 ou qualquer outro tipo de ilícito.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS