Rei da Espanha encontra Lula com crise brasileira como pano de fundo

Ex-presidente do Brasil participa do encontro ‘Os desafios emergentes’ na Espanha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante uma entrevista coletiva após uma reunião com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, em 3 de dezembro.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante uma entrevista coletiva após uma reunião com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, em 3 de dezembro.RICARDO MORAES (REUTERS)

O Rei da Espanha recebe em audiência na quinta-feira os ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que chegará a Madri vindo da Alemanha, onde participa de uma conferência internacional do Partido Social Democrata com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

MAIS INFORMAÇÕES

O ex-chefe de Estado brasileiro visita a Espanha em um momento delicado para o Brasil, que enfrenta uma recessão econômica e uma paralisação política com o processo de impeachment da atual presidenta, Dilma Rousseff, agora provisoriamente suspenso, mas que desencadeou uma tensa situação política que Lula chamou de “golpe de Estado”.

O Brasil é o principal destino dos investimentos espanhóis no estrangeiro, especialmente no setor energético, no de tecnologia e nas telecomunicações, e a situação vivida pelo país gera incerteza nas empresas da Espanha que desenvolvem seus projetos em terras brasileiras. Uma inquietude que, com toda a certeza, será discutida no encontro entre o chefe do Estado espanhol e Lula.

No dia seguinte ao seu encontro com Felipe VI, o ex-presidente brasileiro participará em Madri do encontro organizado pelo EL PAÍS, ‘Os Desafios emergentes’, com o diretor do jornal, Antonio Caño, o presidente do grupo PRISA, Juan Luis Cebrián, e o ex-chefe do Governo espanhol Felipe González.

Lula foi presidente do Brasil entre 2003 e 2011, pelo Partido dos Trabalhadores. Em 2011, a candidata de seu próprio partido, Dilma Rousseff, que foi ministra de Minas e Energia em seu gabinete, o substituiu na presidência do país.

Durante os anos à frente do Governo do Brasil Lula impulsionou políticas que realizaram transformações sociais e econômicas no país que agora estão paralisadas. O ex-mandatário recebeu na Espanha o Prêmio Príncipe de Astúrias de Cooperação Internacional em 2003.