Rei da Espanha encontra Lula com crise brasileira como pano de fundo

Ex-presidente do Brasil participa do encontro ‘Os desafios emergentes’ na Espanha

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante uma entrevista coletiva após uma reunião com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, em 3 de dezembro.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, durante uma entrevista coletiva após uma reunião com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, em 3 de dezembro.RICARDO MORAES (REUTERS)

O Rei da Espanha recebe em audiência na quinta-feira os ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva, que chegará a Madri vindo da Alemanha, onde participa de uma conferência internacional do Partido Social Democrata com o presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz.

Mais informações

O ex-chefe de Estado brasileiro visita a Espanha em um momento delicado para o Brasil, que enfrenta uma recessão econômica e uma paralisação política com o processo de impeachment da atual presidenta, Dilma Rousseff, agora provisoriamente suspenso, mas que desencadeou uma tensa situação política que Lula chamou de “golpe de Estado”.

O Brasil é o principal destino dos investimentos espanhóis no estrangeiro, especialmente no setor energético, no de tecnologia e nas telecomunicações, e a situação vivida pelo país gera incerteza nas empresas da Espanha que desenvolvem seus projetos em terras brasileiras. Uma inquietude que, com toda a certeza, será discutida no encontro entre o chefe do Estado espanhol e Lula.

No dia seguinte ao seu encontro com Felipe VI, o ex-presidente brasileiro participará em Madri do encontro organizado pelo EL PAÍS, ‘Os Desafios emergentes’, com o diretor do jornal, Antonio Caño, o presidente do grupo PRISA, Juan Luis Cebrián, e o ex-chefe do Governo espanhol Felipe González.

Lula foi presidente do Brasil entre 2003 e 2011, pelo Partido dos Trabalhadores. Em 2011, a candidata de seu próprio partido, Dilma Rousseff, que foi ministra de Minas e Energia em seu gabinete, o substituiu na presidência do país.

Durante os anos à frente do Governo do Brasil Lula impulsionou políticas que realizaram transformações sociais e econômicas no país que agora estão paralisadas. O ex-mandatário recebeu na Espanha o Prêmio Príncipe de Astúrias de Cooperação Internacional em 2003.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: