Seleccione Edição
Login

A Islândia entra em alerta vermelho por possível erupção do vulcão Bardarbunga

O vulcão está ativo, embora não tenha começado a lançar cinzas à atmosfera, mas poderia afetar o tráfego aéreo na Europa

Alerta na estrada do vulcão islandês Bardarbunga.
Alerta na estrada do vulcão islandês Bardarbunga. reuters

A agência islandesa de meteorologia emitiu neste sábado um alerta vermelho para as companhias aéreas diante dos primeiros sinais de entrada em erupção do segundo vulcão mais importante da ilha, o Bardarbunga. O alerta vermelho é o último dos cinco níveis de aviso e significa que a erupção já teve início, embora o vulcão não tenha começado a lançar cinzas à atmosfera. Desde que se conheceu a possível entrada do vulcão em atividade, a organização europeia para a segurança do transporte aéreo, Eurocontrol, reconheceu que “poderia afetar” o tráfego aéreo na UE, mas reiterou que o setor está “mais preparado” que em abril de 2010, quando a erupção do Eyjafjalla desencadeou o caos nos céus europeus, deixou em terra 10 milhões de passageiros e provocou perdas de mais de 1,3 bilhão de euros (3,9 bilhões de reais) às companhias aéreas.

“A emissão de cinzas não resultaria no fechamento imediato do espaço aéreo europeu”, indicava na sexta-feira um dirigente da Eurocontrol. Nos últimos quatro anos, o órgão do bloco europeu alterou os protocolos de atuação e outorgou mais poder de decisão às companhias aéreas sobre a conveniência ou não de voar no caso de que a cinza em suspensão chegue a zonas que os aviões comerciais terão de atravessar. “Se a situação não for grave, a maioria das autoridades da aviação civil dos Estados membros deixaria a última palavra com as companhias aéreas, e estas aplicariam seus próprios protocolos de segurança”, acrescenta a fonte. Essas mudanças deveriam traduzir-se, segundo a Eurocontrol, em menos cancelamentos do que ocorreu com o Eyjafjalla “desde que se garanta sempre a segurança dos passageiros”, ponderam no órgão. Meses depois daquele episódio algumas vozes do setor criticaram o fechamento total do espaço aéreo em amplas zonas da UE.

A agência de meteorologia islandesa explica em sua página na internet que já houve uma primeira “pequena” erupção de lava sob uma camada de gelo de entre 140 e 450 metros e que, apesar de os radares e câmeras distribuídos na área não detectarem a intensidade das mudanças na superfície, um avião já está sobrevoando a região para avaliar a situação. Na última hora deste sábado serão dados mais detalhes sobre a magnitude da erupção.

O vulcão Bardarbunga, de pouco mais de 2.000 metros, é a segunda montanha mais alta do país. Faz parte de um grande sistema vulcânico situado debaixo de um glacial. Na região em que se encontra, no centro do país e a mais de 300 quilômetros da capital, Reykjavik, não há moradores permanentes, mas ele fica perto de um parque nacional muito popular entre os turistas. Para minimizar o risco de danos pessoais, o Governo ordenou na quarta-feira a remoção das pessoas da área.