Idêntico ao pai, rebelde como a mãe: a transformação de Rocco, o filho de Guy Ritchie e Madonna

O jovem, que teve uma educação singular e uma relação de amor e ódio com sua progenitora, acaba de estrear como modelo

Rocco Ritchie em maio passado, no sudeste de Londres.
Rocco Ritchie em maio passado, no sudeste de Londres.Agencia Getty
Mais informações

A vida de Rocco Ritchie (Los Angeles, 21 anos) tem sido rodeada de polêmicas desde antes de seu nascimento. Seus pais, a superestrela Madonna e o cineasta Guy Ritchie, viviam até seu divórcio no londrino bairro de Notting Hill, mas a rainha da pop não gostava muito das clínicas britânicas. “Vamos, você já esteve em hospitais na Inglaterra? São velhos e vitorianos”, disse Madonna numa entrevista a uma rádio na Califórnia, pouco antes de dar à luz no estado norte-americano. A frase serviu para desatar um importante debate público em seu país de acolhida, no qual até o ministro da Saúde deu sua opinião.

Essa história foi apenas a primeira de uma longa lista de controvérsias que têm girado em torno de Rocco. Com mais ou menos responsabilidade, o jovem coleciona manchetes. A última? Foi neste verão, quando apareceu como modelo na revista The Rake. O rapaz, que poderia ser dublê do pai, tem porte, mandíbula e um topete que faz lembrar James Dean. A estética da reportagem, evocando os atores de Hollywood dos anos quarenta e cinquenta, teria pegado bem nos filmes de Guy Ritchie. A indumentária de longas como Snatch - Porcos e Diamantes (2000), Sherlock Holmes (2009) e Magnatas do Crime (2019) parece ser outra das fontes de inspiração tanto das imagens como do estilo do próprio Rocco em seu dia a dia.

O primogênito do cineasta atravessa uma fase retrô, embora, como bom adolescente, já tenha explorado outras estéticas enquanto buscava seu caminho em matéria de estilo. Passou por sua etapa grunge, com camisas estampadas e madeixas loiras à la Kurt Cobain, para depois raspá-las em 2016 e se lançar nos braços do streetwear. Naquela época, fez justamente sua estreia como modelo e protagonizou algumas campanhas da Adidas, apresentando coleções que Alexander Wang criou para a marca esportiva. O estilista reconheceu na época que Rocco sabia do riscado. “Nossa marca celebra a cultura juvenil, e acredito que Rocco realmente a representa. Além disso, ele tem um incrível senso de estilo”, declarou Wang numa entrevista à revista i-D.

Rocco Ritchie nas corridas de cavalo de Ascot, em 2018.
Rocco Ritchie nas corridas de cavalo de Ascot, em 2018. Agencia Getty

Se quisesse seguir o caminho da moda, o jovem teria muita gente próxima para pedir conselhos. Seu pai é vinculado à firma Cashmere Caveman, e sua mãe, amiga dos estilistas Donatella Versace e Riccardo Tisci, foi a imagem de Dolce & Gabbana, Versace e Miu. Sua irmã mais velha por parte de mãe, Lourdes Leon, foi o rosto da colaboração entre Jean-Paul Gaultier e Supreme, apareceu em campanhas de Marc Jacobs, Miu Miu e Stella McCartney e, este mês, estrelou a capa da edição de setembro da revista Vogue.

Rocco Ritchie passeando por Londres, em 2017, com um sobretudo que poderia facilmente ter saído do guarda-roupa de ‘Sherlock Holmes’, filme que seu pai dirigiu.
Rocco Ritchie passeando por Londres, em 2017, com um sobretudo que poderia facilmente ter saído do guarda-roupa de ‘Sherlock Holmes’, filme que seu pai dirigiu. Agencia Getty

Além de Lourdes, Rocco tem outros quatro irmãos por parte de mãe: David Banda (15 anos), Mercy James (15) e as gêmeas Stelle e Estere (8), os quatro adotados no Malawi em meio, de novo, a diversas polêmicas. Após o divórcio entre Madonna e Guy Ritchie, este último se casou com a modelo Jacqui Ainsley. Assim, Rocco conta com outros três irmãos: Rafael (9), Rivka (8) e Levi (7).

Rocco hoje mora em Londres com seu pai e estuda arte na prestigiosa Central Saint Martins, escola de onde saíram figuras como John Galliano, Alexander McQueen e Christopher Kane. Passa o tempo livre com rebentos de outras celebridades, como Brooklyn Beckham, filho de David e Victoria, e já teve relacionamentos com a DJ Kim Turnbull e a cantora Chantelle Lee. As estrelas orbitam ao seu redor desde o berço. No seu batismo, celebrado na Escócia um dia antes do casamento dos pais, estiveram as atrizes Gwyneth Paltrow e Debi Mazar, a estilista Stella McCartney e o músico Sting ―que apresentou Ritchie a Madonna num jantar em 1998.

Madonna e Guy Ritchie, com Lourdes María e Rocco, em 2004.
Madonna e Guy Ritchie, com Lourdes María e Rocco, em 2004.REUTERS

Após a separação dos pais, em 2008, Rocco seguiu a mãe em suas turnês pelo mundo, estudando com um tutor. Em 2009, subiu no palco num show em Tel Aviv e exibiu alguns passos de break dance, voltando a mostrá-los em diversas turnês posteriores. Aos 12 anos, apareceu no programa de Ellen DeGeneres contando que sua mãe era severa. “É uma boa mãe, sim. É muito rigorosa, mas no bom sentido”, disse, ante o olhar atento de Madonna. A diva escreveu um ensaio na revista Harper’s Bazaar em 2013 em que mencionou seu papel como educadora. “Aqui estou, divorciada e vivendo em Nova York. Fui abençoada com quatro filhos fantásticos. Tento ensiná-los a pensar por si sós. A ser atrevidos. A escolher fazer as coisas porque são corretas, não porque estejam sendo feitas pelos outros.”

Esse rigor ―além do fato, dizem as más línguas, de Madonna viver absorta demais em seu trabalho― fez Rocco pedir em 2015 que fosse morar com o pai em Londres. Aquilo desencadeou uma dura batalha judicial, resolvida após longos meses de litígio, com Rocco se mudando definitivamente para a capital inglesa. Pouco depois, aos 16, ele seria detido por posse de maconha e passaria vários meses trabalhando como entregador de comida. Na época, estava tão zangado com a mãe que em 2016 ele a bloqueou no Instagram e acabou eliminando a própria conta na rede social ―à qual ainda não voltou cinco anos depois. Aonde ele voltou, de fato, foi para o colo de Madonna. Faz tempo que a cantora o visita com frequência em Londres, e ele não hesita em atender seus chamados. O último foi em 16 de agosto passado, quando a intérprete de Vogue, seus seis filhos e seu namorado, o dançarino Ahlamalik Williams, de 27 anos, reuniram-se em Puglia, Itália, para festejar os 63 anos da rainha do pop. Por fim, família feliz.

Faça seu login para seguir lendo

Saiba que já pode ler este artigo, é grátis

Obrigado por ler o EL PAÍS

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: