Pandemia de coronavírus

Seis aplicativos de ioga para ficar em forma em casa

Tanto se você for um veterano desse esporte como se for sua primeira vez, estes são os ‘apps’ mais populares para praticá-lo e administrar melhor a incerteza nestes dias. Um celular e um tapete são suficientes

Ioga pode reduzir ansiedade e preocupação no home office.
Ioga pode reduzir ansiedade e preocupação no home office.

Com as restrições de circulação devido ao coronavírus, deveremos ter uma boa quantidade de horas livres dentro de casa. Pensando no bem estar em tempos de crise de saúde, investir esse tempo na prática de esporte pode reduzir a ansiedade e a preocupação. A ioga é uma das melhores alternativas, já que pode ser praticada em casa com pouco material (basta um tapete) e existem tutoriais e aplicativos para orientar as aulas.

Listamos a seguir os seis melhores aplicativos para fazer ioga em casa, seja qual for seu nível:

Mais informações

Down Dog

Com milhares de avaliações na App Store, o Down Dog é um dos apps mais populares (e com melhor nota: 4,9 de 5). Entre suas virtudes se destaca que é perfeito tanto para iniciantes (oferece uma introdução de três dias à disciplina) como para os mais experientes iogues. Com suas 60.000 combinações de treinamento, é impossível repetir a mesma aula, por isso o tédio está descartado. Além disso, inclui seis vozes diferentes de instrutor, para que cada usuário possa escolher a que considera mais relaxante ou agradável. Embora sua assinatura custe 7,99 dólares (cerca de 40 reais) por mês, acabam de anunciar que será gratuito até 1º de abril para incentivar qualquer pessoa a praticar em casa, em meio à crise causada pelo coronavírus. Está disponível em português.

Find What Feels Good

A texana Adriene Mishler, à frente deste aplicativo, tem mais de 6 milhões de assinantes em seu canal no YouTube, Yoga with Adriene. É uma das pioneiras no ensino online desta disciplina desde que começou a compartilhar, em 2012, seus conhecimentos em forma de vídeo. Seu aplicativo, Find What Feels Good, é uma extensão desse universo no qual conquistou grande reputação graças às suas explicações detalhadas e aos seus conselhos para adaptar os exercícios de acordo com o nível, estado de ânimo ou tempo disponível do praticante. Embora os vídeos estejam em inglês, são fáceis de acompanhar e têm uma edição cuidadosa. Quem quiser conferir, pode baixar o aplicativo gratuitamente e testá-lo por uma semana. Depois, o custo é de 9,99 dólares (50 reais) por mês.

Ioga para Iniciantes

Conhecido em inglês como Yoga for Beginners, a versão em português deste app é perfeita para todos que quiserem aproveitar a ocasião para se iniciar no mundo da ioga. Além de ser grátis, vantagem que temos de levar em conta, oferece três tipos de ioga para novatos: Vinyasa (três aulas para aprender posições básicas, como a do cachorro olhando para baixo e a de chaturanga), Hatha (outras três aulas um pouco mais lentas) e Ioga Restaurativa (a mais relaxante, perfeita para alongar músculos e liberar tensões). O melhor? Você só precisa de um tapete e aprenderá a controlar a respiração, algo fundamental nos dias de hoje.

Daily Yoga

Mais de 500 ássanas, mais de 200 aulas de ioga guiadas (além de pilates e meditação) e mais de 50 planos de exercícios. Daily Yoga é provavelmente a maior biblioteca dessa disciplina disponível na rede e um dos aplicativos de ioga mais baixados. Além de escolher a intensidade de cada exercício conforme suas necessidades, você pode fazer perguntas aos melhores especialistas em ioga do mundo inteiro por meio do aplicativo Apple Health. Também permite monitorar a atividade com o Apple Watch e oferece rotinas dos 5 a 70 minutos para atender a todas as necessidades. Não é o mais barato da lista (13 dólares mensais, cerca de 65 reais), mas vale a pena. Não é chamado de bíblia da ioga à toa.

Asana Rebel

Entrar em forma, perder peso e iniciar um estilo de vida saudável são três dos resultados prometidos pelo Asana Rebel. Este aplicativo alemão lançado em 2015 combina ioga e fitness e permite pesquisar treinamentos por objetivos, duração ou intensidade. É a opção perfeita para quem, além de melhorar flexibilidade e a respiração e tonificar o corpo, quer fazer um exercício cardiovascular. Mas atenção, embora indique que é gratuito, a verdade é que é necessário pagar após baixá-lo. O programa de doze meses custa 77,99 euros (430 reais), mas há preços diferentes para tempos menores de permanência. Está disponível em português e já ultrapassou 10 milhões de downloads.

Pocket Yoga

Neste caso, é uma animação, em vez de um professor, que dá as explicações e aulas. O mais interessante é que o aplicativo inclui mais de 200 posições ilustradas e um extenso dicionário que descreve cada uma e seus benefícios. Além disso, permite trocar a música predeterminada por sua própria lista de reprodução. Está em inglês, mas é intuitivo e fácil de acompanhar. O download custa 11,99 reais.

Mais informações