O Brasil que não está indignado com a corrupção da pandemia é um país moralmente morto

Acreditar que basta denunciar um Governo como antidemocrático e fascista, sem fazer um sério exame de consciência sobre as próprias culpas, seria desonrar a democracia

Covas no cemitério de Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, próximo à área urbana.
Covas no cemitério de Vila Formosa, na zona leste de São Paulo, próximo à área urbana.FERNANDO MARRON / AFP

O Ministério da Saúde acaba de se queixar da “falta de medicamentos para intubar pacientes graves” do coronavírus. Enquanto isso, os brasileiros tornaram a ver, como nos tempos da Lava Jato, nos canais de televisão, as vergonhosas sacolas e malas de dinheiro vivo supostamente roubado do orçamento destinado a salvar vidas na guerra sanitár...

Mais informações