Eleições EUA 2020

Vozes da América

Às vezes, para entender as coisas, é preciso sentar e conversar. Foi o que o EL PAÍS fez com intelectuais, ativistas, economistas e políticos que refletem sobre o estado na nação norte-americana

Fernando del Hambre

Às vezes, para entender melhor as coisas, você só precisa ignorar as manchetes do dia, sentar e conversar. É isso que tentamos oferecer a você neste espaço. As eleições presidenciais de 3 de novembro foram descritas nos Estados Unidos como as mais importantes de uma geração, em que cada lado considera que a própria democracia está ameaçada pelo outro lado. Em quatro anos, a presidência de Donald Trump levou o país a um estado de tensão que sufoca o debate público, numa atmosfera intensificada pela pandemia e pela crise econômica. O bombardeio de tweets e controvérsias torna difícil entender a profunda dinâmica que influencia os eleitores.

Apoie nosso jornalismo. Assine o EL PAÍS clicando aqui

Por meio dessas entrevistas, figuras relevantes fornecerão uma visão geral da situação nos Estados Unidos. Com eles tentaremos dar uma visão mais reflexiva e plural do país, cada um desde o seu canto particular do debate público, seja uma cadeira, uma militância de rua, um laboratório, a fronteira ou um escritório de um diretor de jornal.

Vamos conversar.

Arquivado Em:

Mais informações

comentários

Regras