Champions League

Sorteio define Bayern x PSG, última final europeia, nas quartas da Champions League

Manchester City x Borussia Dortmund, Porto x Chelsea e Real Madrid x Liverpool são os outros confrontos da fase decisiva, marcada para acontecer entre os dias 6 e 14 de abril

Os confrontos das quartas da Liga dos Campeões.
Os confrontos das quartas da Liga dos Campeões.Valentin Flauraud / UEFA HANDOUT / EFE

Mais informações

O sorteio das quartas de final da UEFA Champions League, realizado na manhã desta sexta-feira (19), definiu os confrontos da fase decisiva do maior torneio entre clubes do mundo. Entre os destaques, a reedição da última final da Liga dos Campeões, entre Bayern e PSG, além do reencontro entre dois dos maiores campeões e finalistas em 2018, Real Madrid e Liverpool. Os jogos de ida estão marcados para 6 e 7 de abril, enquanto as jornadas de volta ficam para 13 e 14 de abril.

Confira os jogos, com o time da esquerda abrindo o confronto em seu estádio:

Manchester City x Borussia Dortmund

Bayern de Munique x PSG

Porto x Chelsea

Real Madrid x Liverpool

No mesmo evento, que contou com a presença do secretário-geral da UEFA, Giorgio Marchetti, e com o embaixador da final marcada para 19 de maio no estádio Olímpico de Istambul, o ex-jogador turco Hamit Altintop, também já definiu o chaveamento das semifinais. O vencedor de City x Dortmund enfrenta o ganhador de Bayern x Paris, enquanto o outro confronto é entre quem passar de Porto x Chelsea e Real x Liverpool. As semifinais acontecerão entre os dias 27 de abril e 5 de maio. Por questões burocráticas, também foi definido que o finalista que sair do lado da chave de Manchester, Borussia, PSG e Bayern será o mandante na final de jogo único e estáido neutro.

Apoie a produção de notícias como esta. Assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$

Clique aqui

Gigantes se enfrentam, mas sem Cristiano e Messi

Pela primeira vez desde 2005, os maiores expoentes do futebol mundial no século não estarão presentes nas quartas de final da Champions League. Cristiano Ronaldo e Messi, que somados têm nove títulos europeus nesses últimos 16 anos, caíram no primeiro mata-mata da edição 2020-21. A Juventus de Cristiano foi eliminada na prorrogação, em Turim, para o Porto, a grande surpresa entre os oito melhores times do torneio. O Barcelona de Messi, por outro lado, foi goleado pelo PSG em casa (4 a 1) com show de Mbappé e não conseguiu reverter o resultado na França.

Com as duas estrelas caminhando para a parte final da carreira, a atual edição da Champions pode marcar a passagem de bastão na hegemonia do esporte. Além de Mbappé, que não precisou da ajuda de Neymar para golear o Barça e já tem uma Copa do Mundo no currículo, a edição consolida o crescimento de Erling Haaland, do Borussia Dortmund, um atacante norueguês de 20 anos que desponta como um dos maiores craques do continente. Haaland decidiu o confronto contra o Sevilla e agora enfrenta o Manchester City, do treinador Pep Guardiola, do brasileiro Gabriel Jesus e da estrela belga Kevin De Bruyne, que buscam um inédito título europeu para a equipe inglesa.

Por conta de uma lesão no músculo adutor da coxa, Neymar não esteve presente nas oitavas de final contra seu ex-clube. Tudo aponta, no entanto, que o brasileiro se recuperará a tempo de enfrentar o Bayern de Munique nas quartas. O jogo é a reedição da última final da Champions, quando alemães e franceses se enfrentaram em Lisboa. Neymar e Mbappé tinham a expectativa de dar o inédito título ao clube enriquecido pelo dinheiro catari, mas um gol de Comán fechou a sexta conquista ao Bayern —e Lewandowski, artilheiro polonês do time alemão, acabou com o prêmio de melhor jogador do mundo na temporada. O Paris ficou, também, no lado considerado mais difícil da chave. Se quiser repetir a campanha do ano passado, precisará passar não só pelo time de Lewandowski, mas também o vencedor do duelo entre Haaland e Gabriel Jesus.

Por fim, o último confronto também reedita uma final europeia, mas de 2018. Na oportunidade, o Real Madrid contou com gols de Benzema e Bale para vencer o Liverpool e levantar sua 13ª conquista do torneio. Os ingleses, no entanto, voltaram mais fortes no ano seguinte e se tornaram hexacampeões. Hoje, dá para dizer que ambos não vivem um momento tão bom quanto há três anos. Mal no campeonato inglês, o time de Klopp, que passou pelo Red Bull Leipzig nas oitavas, aposta nos brasileiros Alisson, Fabinho e Roberto Firmino, além da dupla de ataque Mohamed Salah e Sadio Mané. Já o de Zidane, que venceu a Atalanta mas também não encanta na temporada, tem a espinha dorsal do seu time formada por Sergio Ramos, Casemiro e Benzema, além das esperanças brasileiras Vinicius Junior e Rodrygo para o ataque.

As restrições impostas para viagens internacionais em alguns países europeus por conta da pandemia do novo coronavírus impediram o tradicional protocolo nas oitavas, quando acontece um jogo no estádio de cada time. Liverpool e Leipzig, por exemplo, jogaram ambas as partidas na Hungria, ao invés de Inglaterra e Alemanha. Por enquanto, nenhuma restrição do tipo está prevista para os confrontos das quartas.

Liga Europa

No mesmo dia, foram sorteados também os jogos das quartas de final da Europa League, a segunda maior competição entre os clubes do continente. Com destaque para os ingleses, que são favoritos, o torneio terá o espanhol Granada contra Manchester United; Arsenal x Slavia Praga; o holandês Ajax enfrentando os italianos da Roma; e o Dinamo Zagreb, da Croácia, jogando contra o Villarreal, da Espanha. A fase acontece nos dias 8 e 15 de abril.


Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50