Atriz e diretora Maria Alice Vergueiro, dama do teatro brasileiro, morre aos 85 anos

A artista, dona de uma trajetória de mais de meio século nos palcos e mais de 60 peças, morreu em São Paulo, após internação por de pneumonia. Era famosa pelo curta de humor ‘Tapa na Pantera’

A atriz Maria Alice Vergueiro, em São Paulo, em março de 2018.
A atriz Maria Alice Vergueiro, em São Paulo, em março de 2018.WERTHER SANTANA/AE/ESTADÃO CONTEÚDO

A atriz e diretora de teatro Maria Alice Vergueiro morreu na manhã desta quarta-feira em São Paulo, aos 85 anos. Vergueiro estava internada na UTI do Hospital das Clínicas com quadro grave de pneumonia e suspeita de covid-19. Segundo o jornal O Globo, ela foi submetida a um teste para o vírus quando foi internada, mas o resultado ainda não foi divulgado. Com mais de 50 anos de uma das carreiras mais importantes do teatro do Brasil, a atriz também protagonizou um dos primeiros vídeos virais da internet brasileira, o curta Tapa na Pantera, lançado em 2006.

Mais informações

Ao longo da carreira, Maria Alice estrelou mais de 60 peças de teatro, filmes e produções televisivas. Foi no teatro que a atriz começou, em 1962, e onde ela mais teve sucesso: passou por Teatro de Arena, Teatro Oficina e Teatro do Ornitorrinco, protagonizando peças como O Rei da Vela (1967), Galileu Galilei (1975) e A Ópera do Malandro (1978). Na TV, fez parte do elenco de Sassaricando, em 1987. Seu último papel na televisão foi em 2016, na série Condomínio Jaqueline, em que interpretou uma síndica que fumava maconha.

Dez anos antes, a artista conquistou o público mais jovem interpretando outra admiradora dos entorpecentes, no que seria um dos primeiros memes da internet brasileira. O curta metragem de ficção chamado Tapa na Pantera foi feito por três estudantes de cinema e apresentado no 14º Festival de Cinema de Gramado, em 2006. Nele, Maria Alice Vergueiro interpreta uma mulher sexagenária que, com muito humor, explica sua relação com o seu cachimbo de maconha.

Em entrevista dada por ela ao UOL em 2015, a atriz afirmou que nunca se importou em ser reconhecida apenas pelo viral. “Eu adoro. Os jovens são muitos simpáticos. Eles vêm atrás de mim, mas não como iriam atrás de uma atriz de televisão. Eles vêm com o maior respeito, dizem que sou uma atriz do YouTube”, disse bem-humorada.

Maria Alice foi diagnosticada com Parkinson em 2003, mas convivia com a doença. Ela estava internada na UTI do Hospital das Clínicas com pneumonia desde o dia 28 de maio. À época, o jornal O Globo informou que a atriz fez o exame para o novo coronavírus, mas até então o resultado não foi divulgado. Em nota, o HC não confirmou a informação.

Mais informações