Bolsonaro tira a máscara e diz que não gosta da democracia

Ou as instituições democráticas colocam um freio no cavalo desembestado de sua loucura ou amanhã aparecerão como cúmplices

Manifestante em Brasília em ato contra Jair Bolsonaro neste sábado.
Manifestante em Brasília em ato contra Jair Bolsonaro neste sábado.Eraldo Peres / AP

Não era segredo para ninguém que o presidente Jair Bolsonaro não gosta da democracia. Mas agora tirou a máscara e confessou à luz do sol: “Se tudo dependesse de mim, não viveríamos neste regime”. E não foi um acaso que sua confissão tenha sido feita durante um ato militar, ao mesmo tempo em que o presidente do Clube Militar, o general da reserva ...

Mais informações