A defesa do SUS e as oportunidades de negócios farejadas pelos amigos de Guedes

Mario Sheffer, professor da Faculdade de Medicina da USP, comenta as pistas deixadas pelo decreto para estudar parceiras público-privadas nas UBS. Texto não durou 24 horas

Paulo Guedes em Brasília.
Paulo Guedes em Brasília.EVARISTO SA / AFP

O decreto assinado por Jair Bolsonaro e Paulo Guedes para estudar parcerias com a iniciativa privada “para a construção, a modernização e a operação de Unidades Básicas de Saúde” não durou nem 24 horas. A proposta de privatizar as UBS, a porta de entrada do SUS, não resistiu à onda de críticas de parlamentares, de especialistas e, ...

Mais informações