Tiroteios nos Estados Unidos

Tiroteio em uma igreja no Texas deixa ao menos dois mortos

O atirador abriu fogo durante uma cerimônia e deixou uma terceira pessoa ferida

Os serviços de emergência vão à cena do tiroteio em White Settlement, Texas.

Duas pessoas morreram e uma terceira está ferida, em situação crítica, depois de um homem disparar em uma igreja da localidade de White Settlement, no Estado norte-americano do Texas, segundo a polícia.

Os agentes responderam a um telefonema às 9h57, hora local (12h57, em Brasília), que informava que havia um tiroteio na Igreja de Cristo de West Freeway. Ao chegar, acharam as três pessoas caídas no local. Todas se encontravam em situação crítica e duas delas faleceram no caminho ao hospital, segundo um porta-voz do Corpo de Bombeiros. O suspeito de ter feito os disparos é um dos mortos.

Uma testemunha explicou ao canal de televisão local CBS que um homem armado com uma escopeta se dirigiu a uma pessoa e abriu fogo. Um membro da segurança da igreja disparou contra o atirador, segundo relatou ao The New York Times outra testemunha, que assegurou que a pessoa atacada inicialmente pelo intruso era outro membro da equipe de segurança, e que o agressor não pertencia à congregação. Outras duas pessoas foram atendidas no local com ferimentos leves.

“Quando o departamento de polícia e o departamento de bombeiros de White Settlement chegaram ao local, encontraram um total de três feridos que foram transportados em situação crítica. Isso inclui a pessoa suspeita de ser o agressor”, explicou o porta-voz dos bombeiros de Fort Worth, Mike Drivdahl, em coletiva de imprensa.

White Settlement é um subúrbio no oeste da cidade de Fort Worth, no Estado do Texas. Recebeu seu nome, cuja tradução é “assentamento branco”, dos nativos americanos depois que famílias não indígenas começaram a ocupar o local no século XIX.

“Os locais de oração devem ser sagrados e estou agradecido aos membros da igreja que atuaram rapidamente para conter o atacante e ajudaram a prevenir mais perdas de vidas”, disse o governador de Texas, Greg Abbott, em um comunicado.

O promotor geral do Texas, Ken Paxton, assinalou estar “assombrado e entristecido” pelo incidente. “Por favor, rezem pelas vítimas e suas famílias, esta congregação e os agentes de polícia que atuaram no local”, acrescentou.

Correção

Em uma versão anterior desta notícia figurava uma fotografia incorreta que se referia a outro ataque acontecido no sábado nos Estados Unidos. 

O mais visto em ...

Top 50