Suspeita de envenenamento na Grande SP

Moradores de rua morrem após ingerir bebida alcoólica supostamente envenenada em Barueri

Ao menos quatro pessoas morreram e outras cinco passaram mal e foram hospitalizadas. De acordo com a prefeitura, um dos socorridos afirmou ter recebido a bebida quando esteve na Cracolândia e a ofereceu aos demais

Quatro pessoas morreram em Barueri, na Grande São Paulo, após ingerir uma bebida alcoólica oferecida por um desconhecido. A suspeita é que todos tenham sido envenenados. Das quatro vítimas, três eram moradores de rua —a prefeitura de Barueri chegou a confirmar uma quinta morte, mas recuou e retificou a informação neste domingo. Outras cinco pessoas também passaram mal ao ingerirem o líquido e foram encaminhadas ao pronto-socorro da cidade.

Mais informações

Em nota, a Prefeitura de Barueri informou que um dos socorridos contou que recebeu uma bebida quando esteve na Cracolândia, região central de São Paulo, e a ofereceu aos demais. A Cracolândia fica a 25 km de onde os moradores começaram a passar mal. A Polícia Civil apreendeu a garrafa e solicitou uma perícia técnica.

Segundo a prefeitura, oito pessoas deram entrada no Pronto-Socorro Central de Barueri com indícios de envenenamento. Edson Sampaio, de 40 anos, Luiz Pereira da Silva, de 49, Marlon Alves Gonçalves, de 39, e Denis da Silva morreram na manhã de sábado. A prefeitura chegou a confirmar a morte de Renilton Ribeiro Freitas, de 43 anos, na manhã deste domingo, mas retificou a informação horas depois e desmentiu a morte.

Dois moradores de rua, um homem e uma mulher que estavam no mesmo grupo, seguem internados no Hospital Municipal em Barueri. Já outro sobrevivente do grupo segue por enquanto internado no pronto-socorro da cidade.

O caso foi registrado como morte suspeita pela Delegacia Central de Barueri, responsável pelas investigações.

*Com agências.