Campeonato Brasileiro

Os favoritos ao título do Campeonato Brasileiro de 2019

Depois do fim dos torneios estaduais, Palmeiras, Flamengo, Cruzeiro e Corinthians largam na frente pela conquista do Brasileirão; maior torneio nacional começa neste sábado

Palmeiras ficou com a taça em 2018.
Palmeiras ficou com a taça em 2018.Lucas Figueiredo / CBF

Mais informações

O Campeonato Brasileiro, quando comparado a outras ligas nacionais, tem suas peculiaridades. Ao contrário dos principais torneios europeus, o Brasileirão não começa no primeiro mês da temporada —antes de sua primeira rodada, que está marcada para o próximo fim de semana (dias 27 e 28 de abril), a "pré-temporada" brasileira teve campeonatos estaduais e as primeiras fases de Copa do Brasil, Sul-Americana e Libertadores. Avaliando o início de ano dos clubes, seus elencos, treinadores e retrospectos, o EL PAÍS levantou quatro clubes que estão bem cotados para, no fim do ano, levantar o troféu da competição mais importante do país.

Palmeiras

O atual campeão brasileiro não pode ficar de fora da lista. Ainda mais se tratando do clube que, desde 2015, quando consolidou o Allianz Parque como fortaleza e começou a receber investimentos milionários da empresa de crédito pessoal Crefisa, conquistou dois brasileiros e uma Copa do Brasil. O elenco, que já era acima da média em 2018, teve os incrementos de Carlos Eduardo, Felipe Pires, Zé Rafael, Matheus Fernandes, Arthur Cabral e Ricardo Goulart. O objetivo da temporada do time de Felipão é a Libertadores mas, se ano passado a equipe alviverde ergueu a taça da liga com um time alternativo, priorizando o torneio sul-americano, é de se esperar que em 2019 o Palmeiras esteja outra vez na briga pelo topo.

Corinthians

Primeira rodada

São Paulo x Botafogo - Morumbi - sábado (27), 16h

Atlético Mineiro x Avaí - Arena Independência - sábado (27), 19h

Chapecoense x Internacional - Arena Condá - sábado (27), 19h

Flamengo x Cruzeiro - Maracanã - sábado (27), 21h

Grêmio x Santos - Arena do Grêmio - domingo (28), 11h

Bahia x Corinthians - Fonte Nova - domingo (28), 16h

Athletico Paranaense x Vasco - Arena da Baixada - domingo (28), 16h

Ceará x CSA - São Januário - domingo (28), 16h

Palmeiras x Fortaleza - Allianz Parque - domingo (28), 19h

Fluminense x Goiás - Maracanã - domingo (28), 19h

Principal rival do Palmeiras, o Corinthians tem dividido as glórias a nível nacional com o alviverde. Se o troféu foi palmeirense em 2016 e 2018, ele ficou para os corintianos em 2015 e 2017. Na última vez, sob o comando do treinador Carille; discípulo de Tite, ele estreou naquele ano, quando venceu o campeonato paulista e o Brasileirão, e ficou até 2018, quando voltou a ganhar o estadual. Depois de um período na Arábia Saudita, voltou ao seu clube e, tornando a se destacar pelo padrão de jogo eficiente, levou o tricampeonato paulista. O treinador já venceu a competição com um elenco mais modesto e, agora, que tem novidades como Manoel, Richard, Ramiro, Sornoza, Junior Urso, Vagner Love, Boselli e Gustavo, é um dos candidatos.

Cruzeiro

Invicta em 2019, o Cruzeiro é considerado por muitos a melhor equipe do futebol brasileiro nos primeiros meses de temporada. Apesar de disputar o campeonato mineiro, que não é tão concorrido como paulista ou carioca, a equipe de Mano Menezes —o treinador mais longevo deste campeonato brasileiro, há quase três anos no comando— foi campeã estadual em cima do rival Atlético Mineiro e lidera com folga seu grupo na Libertadores; ano passado, levou o bi da Copa do Brasil. No elenco, Mano já contava com Fábio, Dedé, Henrique, Lucas Silva, Thiago Neves e o artilheiro Fred, que não jogou ano passado por lesão. Perdeu Arrascaeta, mas ganhou Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Dodô e Pedro Rocha, que credenciam a equipe mineira como uma das melhores do país.

Flamengo

O rubro-negro rivaliza com o Palmeiras na briga pelo posto de melhor elenco e clube mais rico do país. Na corrida por títulos, no entanto, o Flamengo não tem chegado perto do clube paulista, mesmo recheando a equipe com jogadores do nível de Diego Alves, Cuellar, Vitinho, Diego e Everton Ribeiro. Para este ano, além do novo comandante—Abel Braga foi o escolhido—, a equipe ainda trouxe Rodrigo Caio, Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol, nomes que, mesmo com a perda de Lucas Paquetá, venceram o campeonato carioca deste ano. O elenco estrelado não garante o título, mas coloca o Flamengo na briga para quebrar o jejum de dez anos sem título brasileiro.

Correndo por fora

Em um campeonato equilibrado, a briga pelo título pode se estender para além das quatro melhores equipes. O Internacional, por exemplo, surpreendeu com um vice-campeonato em 2018, no ano que voltou à série A depois de uma passagem pela segunda divisão. Para a nova temporada, o Inter manteve o elenco e ganhou os reforços de Paolo Guerrero e Rafael Sóbis. Mas foi o seu maior rival, o Grêmio, que levou o campeonato gaúcho. Sob a batuta de Renato Gaúcho, os gremistas vem de seguidas boas campanhas na Libertadores e contam com Geromel, Maicon, Everton, Tardelli e Luan para voltar a ganhar o Brasileirão depois de 23 anos. São destacados, ainda, os paulistas: o Santos, que tem como principal estrela o treinador Jorge Sampaoli, e o São Paulo, que foi vice-campeão paulista apostando nas revelações mas tem em seu elenco Hernanes e Alexandre Pato.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete