Massacre de Suzano

Adolescente suspeito de ajudar a planejar massacre de Suzano é apreendido

Polícia apreendeu o jovem de 17 anos na casa dele. Menor já havia prestado depoimento e nega participação

Homenagens deixadas às vítimas do massacre de Suzano em frente à Escola Estadual Raul Brasil.
Homenagens deixadas às vítimas do massacre de Suzano em frente à Escola Estadual Raul Brasil.UESLEI MARCELINO (REUTERS)

MAIS INFORMAÇÕES

Um adolescente suspeito de ajudar a planejar o massacre em Suzano foi apreendido pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira, na casa dele, no município da Grande São Paulo. A apreensão do menor, também ex-aluno da Escola Estadual Professor Raul Brasil, acontece poucos dias após ele ser ouvido pela Justiça no Fórum do município e liberado em seguida.

O menor foi apreendido e encaminhado ao Instituto Médico Legal, onde passou por exame de corpo de delito e encaminhado ao Fórum de Suzano novamente.  Por ele ser menor, o caso segue em segredo de Justiça.

A Polícia Civil investiga se o rapaz participou do planejamento do ataque à escola, onde ele também estudou com um dos dois assassinos, Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, que morreram na escola após tirarem a vida de oito pessoas e ferirem outros 11 estudantes do ensino médio.

Em depoimento na semana passada, o adolescente negou participação no planejamento do massacre. O pedido de apreensão foi formulado pela polícia. Num primeiro momento, o Ministério Público foi contra, mas a polícia insistiu e agora obteve com a Justiça a tutela do Estado, segundo a Agência Brasil.

Arquivado Em: