Seleccione Edição
Login

Pelo menos seis mortos em um acidente de trem na Dinamarca

Parte do teto de um trem de carga se desprende e atinge uma composição de passageiros que circulava na direção oposta

Vários operários passam junto ao trem de carga na ponte do Grande Belt, em Nyborg (Dinamarca).
Vários operários passam junto ao trem de carga na ponte do Grande Belt, em Nyborg (Dinamarca). EFE

Pelo menos seis pessoas morreram nesta quarta-feira em um acidente de trem em Nyborg (Dinamarca), segundo a polícia dinamarquesa e a Ferrovia Estatal Dinamarquesa (DSB). O jornal local Jyllands-Posten, citando fontes da DSB, informou que o acidente ocorreu quando parte do teto de um trem de carga se desprendeu e atingiu um trem de passageiros, que viajava na mesma rota na direção oposta, na ponte do Estreito do Grande Belt, centro do país. O trem de passageiros freou bruscamente.

Esse mesmo jornal aponta para o forte vento predominante na área como uma possível causa para o teto se soltar. O acidente provocou o fechamento do tráfego rodoviário e ferroviário em ambas as direções da ponte do Grande Belt, que liga as ilhas de Zelândia, onde fica a capital, Copenhague, e de Funen. São as primeiras e segundas maiores ilhas do país, respectivamente. Esta ponte é uma das principais rotas de comunicação da Dinamarca.

O trem de passageiros, que ia de Funen para a Zelândia, levava 131 viajantes e três funcionários a bordo. Inicialmente, havia a informação de que eram 160 passageiros. Os seis mortos são viajantes, diz um comunicado da DSB citado pela imprensa local, que acrescenta que há vários feridos, sem especificar a quantidade. Os funcionários saíram ilesos.

Os afetados foram transferidos para um centro esportivo próximo, onde os psicólogos iriam atendê-los. A polícia pediu que todos que estavam no trem entrassem em contato com seus parentes para que soubessem que estavam bem.

A tempestade Alfrida tem causado nas últimas horas alterações no tráfego ferroviário por causa da queda de árvores sobre os trilhos, bem como o aumento do nível da água em várias partes do país, o que levou as autoridades a emitirem um alerta de tempo "muito perigoso".

A ponte do Estreito de Sund, que liga Copenhague a Malmö, na Suécia, também permaneceu fechada ao tráfego por várias horas e mais de 100 mil casas suecas ficaram sem eletricidade nesta quarta-feira por causa da tempestade.

MAIS INFORMAÇÕES