‘Virou passeio’: Argentina dá vexame e leva 6 a 1 da Espanha

No mesmo dia em que o Brasil derrotou a Alemanha, argentinos são goleados com uma mãozinha de “brasileiros” em Madri

Higuaín lamenta derrota para a Espanha, em Madri.
Higuaín lamenta derrota para a Espanha, em Madri.Paul White (AP)

Há pouco menos de quatro anos, a Argentina sucumbia na final da Copa do Mundo diante da Alemanha, que havia eliminado anteriormente o Brasil com um histórico 7 a 1. Mas, como diz o ditado, “nada como um dia após o outro”. Nesta terça-feira, quase na mesma hora em que a seleção brasileira derrotava os alemães por 1 a 0, em Berlim, a equipe comandada por Jorge Sampaoli era goleada pela Espanha em Madri: 6 a 1, com três gols de Isco, um de Iago Aspas e outros dois dos brasileiros naturalizados espanhóis Diego Costa e Thiago Alcântara. Otamendi descontou para a albiceleste, que, sem Lionel Messi, machucado, viu Higuaín perder um gol cara a cara com De Gea quando a partida ainda estava 0 a 0.

Mais informações

Por outro lado, tudo dava certo para a equipe de Lopetegui. O primeiro gol foi marcado por Diego Costa, aproveitando belíssima assistência de Marco Asensio. Com menos controle e toque de bola que o habitual, a Espanha conduziu a partida de forma cômoda na alternância de ritmos, sem muito sofrer diante de uma Argentina que errava demais. O passeio se desenhou quando Isco começou sua própria festa, recebendo outra assistência de Asensio. Inspirado, o meia do Real Madrid ainda anotou outros dois tentos, consagrando-se como uma das esperanças do recheadíssimo meio-campo espanhol para a Copa.

É verdade que Messi, como era de se esperar, fez falta para a Argentina. Mas o desempenho do time de Sampaoli foi muito aquém do que havia demonstrado – também sem seu camisa 10 – na vitória sobre a Itália. A Espanha, depois de empatar com a Alemanha, cravou seu nome entre as favoritas no Mundial da Rússia mesmo sem poder contar com Busquets, peça-chave do esquema de Lopetegui, nos últimos dois amistosos. Um dia de fúria... Para os argentinos.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: