Feminismo para desavisados: coisas que parecem feministas, mas não são

A segunda entrega da série que aborda a igualdade de gêneros com humor fala daquelas coisas que parecem feministas... E não são

As feministas podem ter sido "quatro histéricas" no início, mas pelo que foi visto no início de março nas ruas da Espanha e de muitos países, os machistas deveriam procurar outros argumentos. E o mais importante, antes mesmo de as feministas existirem, é que as mulheres são metade da população. Portanto, é inexorável encontrar um equilíbrio para que elas obtenham uma representação justa em todas as áreas. Sabe como fazer isso? A jornalista e ativista espanhola Nerea Pérez de las Heras explica na segunda parte do Feminismo para Desavisados: para que você não volte a cair na tentação de participar de congressos femininos de coisas que homens e mulheres fazem, de usar camisas com mensagens mais bonitas que as intenções de seus fabricantes, nem de fazer coisas que parecem feministas, mas não são.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: