Seleccione Edição
Login

Advogado de Trump admite que pagou 130.000 dólares à atriz pornô Stormy Daniels

Ele reconhece que deu o dinheiro à mulher, com quem o hoje presidente teve relações

Donald Trump e Stormy Daniels, juntos em 2006, em uma imagem obtida pelo jornal 'The Wall Street Journal' da conta MySpace da atriz.
Donald Trump e Stormy Daniels, juntos em 2006, em uma imagem obtida pelo jornal 'The Wall Street Journal' da conta MySpace da atriz.

Michael Cohen, um dos principais advogados do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, reconheceu o pagamento de 130.000 dólares (430.000 reais) à atriz pornô Stormy Daniels, embora tenha dito que o dinheiro saiu de seu bolso e não explicou por quê. É a primeira vez que o entorno de Trump admite ter feito esse pagamento, que o The Wall Street Journal havia informado em janeiro.

“Nem a organização Trump nem a campanha eleitoral dele participaram da transação com a senhora Stephanie Clifford (Stormy Daniels) e tampouco me reembolsaram o pagamento direta e indiretamente”, afirmou Michael Cohen em um comunicado enviado nesta terça-feira a The New York Times.

Segundo esse rotativo, Michael Cohen pagou a Daniels 130.000 dólares antes das eleições de novembro de 2016 para que não falasse em público da relação sexual que havia mantido com o agora presidente há uma década. Michael Cohen foi durante uma década o advogado principal do conglomerado empresarial Trump.

A publicação foi um grande escândalo, já que a suposta relação ocorreu pouco depois que Trump e a atual primeira-dama, Melania Trump, contraíssem matrimônio. Clifford comentou em particular que os fatos se referem a um encontro sexual com Trump depois de ambos se conhecerem em um torneio de golfe de famosos no lago Tahoe em 2006. Trump havia se casado com a atual primeira-dama dos Estados Unidos um ano antes.

“O pagamento à senhora Clifford foi legal e não foi uma contribuição de campanha nem um gasto de campanha de ninguém”, disse o advogado, que declarou ter dado explicações à Comissão Eleitoral Federal depois de uma denúncia por suposta malversação de fundos de campanha. Segundo The New York Times, Cohen não respondeu às perguntas sobre por que fez o pagamento, sobre se Trump estava ciente ou se houve pagamentos semelhantes a outras pessoas.

Depois da irrupção do escândalo, o advogado divulgou um comunicado assinado por Stormy Daniels em que a atriz negava ter mantido uma relação com Trump e qualificava como falsas as informações de que havia recebido pagamento por seu silêncio. No entanto, nas entrevistas que concedeu até o momento, não confirmou nem desmentiu a aventura.

Com o nome de Stormy Daniels, Clifford, de 38 anos, teve uma bem-sucedida carreira no cinema pornográfico. Quando conheceu Trump no torneio de golfe em Tahoe estava com 26 anos e no auge de sua carreira. Em 2010, estudou a possibilidade de se candidatar ao Senado pela Louisana como republicana, mas desistiu.

MAIS INFORMAÇÕES