Venezuela

Um apagão paralisa parte de Caracas

Falta de energia afetou a área comercial e o metrô da capital da Venezuela, bem como os estados de Miranda e Vargas

Um homem caminha durante o blecaute em Caracas.
Um homem caminha durante o blecaute em Caracas.

MAIS INFORMAÇÕES

Um enorme apagão afetou na segunda-feira várias regiões de Caracas e os estados vizinhos de Miranda e Vargas. A companhia estatal de energia Corpoelec disse que as autoridades estavam trabalhando para restaurar o fornecimento.

Usuários de redes sociais informaram que as falhas estão dificultando o serviço do metrô da capital assim como o aeroporto de Maiquetia, nos arredores da capital. A Corpoelec afirmou que o apagão foi causado pela queda de uma ponte entre a subestação de Santa Teresa e a de Tacoa, mas não detalhou quantas casas estão sem eletricidade.

“Agora a equipe trabalha duro para restabelecer o serviço progressivamente nas áreas de Caracas, Vargas e Miranda. Agradecemos a compreensão”, foi publicado na conta da Corpoelec no Twitter. “O retorno do serviço vai demorar de uma a duas horas”, acrescentou a companhia.

Os apagões têm sido comuns nos últimos anos na Venezuela. Os críticos do Governo de Nicolás Maduro atribuem as falhas ao investimento insuficiente desde que o setor elétrico foi nacionalizado em 2007. Maduro, entretanto, assegurou em outras ocasiões que os blecautes são atos de sabotagem de seus adversários. O apagão ocorreu depois que, em março último, cinco estados venezuelanos sofreram uma interrupção no serviço de luz por um problema de superaquecimento de duas linhas que abastecem o oeste do país.

Arquivado Em: