PRÊMIOS GRAMMY 2018

Grammy 2018: Jay-Z e Kendrick Lamar lideram indicações

'Despacito', de Luis Fonsi e Daddy Yanke, concorre ao troféu de melhor canção do ano Veja a lista completa com todos os indicados à 60ª edição do prêmio de música

Jay-Z, no último domingo em Nova York.
Jay-Z, no último domingo em Nova York. (Scott Roth/Invision/AP)

MAIS INFORMAÇÕES

Os rappers Jay-Z e Kendrick Lamar lideram as indicações ao Grammy 2018, principal premiação de música nos EUA, anunciadas nesta terça-feira. O marido de Beyoncé tem oito nomeações, incluídas três nas categorias principais por seu disco 4:44. Já Lamar tem sete indicações pelo disco DAMN. Childish Gambino, Khalid, No ID y SZA aparecem na sequência em número de nomeações, com cinco cada um. A música Despacito, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, que arrasou nos Grammy Latinos no mês passado, volta ao páreo para concorrer ao troféu de melhor canção do ano e gravação do ano.

Um dos grandes vencedores do ano no pop, Ed Sheeran, foi praticamente ignorado pela Academia de Gravação apesar de estar nas apostas. Bruno Mars também conseguiu indicações nas três grandes categorias da premiação: álbum (24K Magic), música (That's What I Like) e gravação. Dois artistas que faleceram recentemente também concorrem na categoria Melhor Performance de Rock: Leonard Cohen (morto em novembro de 2016), com You Want It Darke, e Chris Cornell (falecido em maio deste ano), com The Promise.

Estes são os indicados nas principais categorias e em algumas das especializadas. A lista completa pode ser consultada aqui. A 60ª edição dos prêmios Grammy de 2018 será celebrada em 28 de janeiro em Nova York.

Gravação do Ano

Redbone — Childish Gambino

Despacito — Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber

The Story Of O.J. — JAY-Z

HUMBLE. — Kendrick Lamar

24K Magic — Bruno Mars

Álbum do Ano

Awaken, My Love! — Childish Gambino

4:44 — JAY-Z DAMN. — Kendrick Lamar

Melodrama — Lorde

24K Magic — Bruno Mars

Música do Ano

Despacito — Ramón Ayala, Justin Bieber, Jason "Poo Bear" Boyd, Erika Ender, Luis Fonsi & Marty James Garton, compositores (Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber)

4:44 — Shawn Carter & Dion Wilson, compositores (JAY-Z)

Issues — Benny Blanco, Mikkel Storleer Eriksen, Tor Erik Hermansen, Julia Michaels & Justin Drew Tranter, compositores (Julia Michaels)

1-800-273-8255 — Alessia Caracciolo, Sir Robert Bryson Hall II, Arjun Ivatury, Khalid Robinson, compositores (Logic Featuring Alessia Cara & Khalid)

That's What I Like — Christopher Brody Brown, James Fauntleroy, Philip Lawrence, Bruno Mars, Ray Charles McCullough II, Jeremy Reeves, Ray Romulus & Jonathan Yip, compositores (Bruno Mars)

Melhor Novo Artista

Alessia Cara

Khalid

Lil Uzi Vert

Julia Michaels

SZA

Melhor performance pop solo

Love So Soft — Kelly Clarkson

Praying — Kesha

Million Reasons — Lady Gaga

What About Us — P!nk

Shape Of You — Ed Sheeran

Melhor interpretação pop (grupo)

Something Just Like This ­— The Chainsmokers & Coldplay

Despacito — Luis Fonsi & Daddy Yankee Featuring Justin Bieber

Thunder — Imagine Dragons

Feel It Still — Portugal. The Man

Stay — Zedd & Alessia Cara

Melhor álbum de Dance/Eletrônico

Migration — Bonobo 3-D

The Catalogue — Kraftwerk

Mura Masa — Mura Masa

A Moment Apart — Odesza

What Now — Sylvan Esso

Melhor performance rock

You Want It DarkeLeonard Cohen

The Promise — Chris Cornell

Run — Foo Fighters

No Good — Kaleo

Go To War — Nothing More

Melhor álbum de Urbano

Free 6lack — 6lack

Awaken, My Love! — Childish Gambino

American Teen — Khalid

Ctrl — SZA

Starboy — The Weeknd

Melhor álbum de rap

DAMN. — Kendrick Lamar

Culture — Migos

Laila's Wisdom — Rapsody

Flower Boy — Tyler, The Creator

Melhor álbum country

Cosmic Hallelujah — Kenny Chesney

Heart Break — Lady Antebellum

The Breaker — Little Big Town

Life Changes — Thomas Rhett

From A Room: Volume 1 — Chris Stapleton

Melhor álbum jazz

The Journey — The Baylor Project

A Social Call — Jazzmeia Horn

Bad Ass And Blind — Raul Midón

Porter Plays Porter — Randy Porter Trio With Nancy King

Dreams And Daggers — Cécile McLorin Salvant

Melhor álbum de pop latino

Lo Único Constante — Alex Cuba

Mis Planes Son Amarte — Juanes

Amar Y Vivir En Vivo Desde La Cuidad De México, 2017 — La Santa Cecilia

Musas (Un Homenaje Al Folclore Latinoamericano En Manos De Los Macorinos) — Natalia Lafourcade

El Dorado — Shakira

Produtor do ano (não clássico)

Calvin Harris

No I.D.

Greg Kurstin

Blake Mills

The Stereotypes

Arquivado Em: