Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

O terrorista de Nova York: Sayfullo Saipov, uzbeque de 29 anos e motorista do Uber

Homicida chegou aos EUA em 2010. Nos arquivos policiais só aparece que cometeu algumas infrações de trânsito

Atentado Nova York
Fotografia policial de Sayfulla Saipov. AFP

O autor do atentado desta terça-feira em Nova York se chama Sayfullo Habibullaevic Saipov. É do Uzbequistão, tem 29 anos e chegou aos Estados Unidos em 2010, quando tinha 22 anos. É residente legal e trabalhava como motorista do Uber, segundo confirmou a empresa em um comunicado no qual se declara “horrorizada” com o ocorrido. Saipov passou na inspeção que a empresa faz dos antecedentes de seus motoristas. Em sua ficha policial nestes sete anos nos EUA constam pelo menos duas infrações de trânsito. Diante da falta de informações sobre o atentado, os indícios apontam para que seja um lobo solitário, um terrorista isolado. Durante o ataque, gritou “Alá é grande!”.

Segundo a rede CNN o autor do ataque deixou um bilhete no veículo no qual jurava lealdade ao Estado Islâmico (EI), apesar de a organização terrorista não ter reivindicado o atentado e as autoridades norte-americanas não terem registrado conexão alguma entre EI e Saipov.

Uma imagem do terrorista portando duas armas falsas e correndo pela rua depois de cometer o atentado e antes de ser preso.
Uma imagem do terrorista portando duas armas falsas e correndo pela rua depois de cometer o atentado e antes de ser preso. AP

Saipov está hospitalizado sob custódia policial. Encontra-se em estado crítico, mas os médicos dizem que deverá sobreviver. Foi baleado na barriga por um agente da polícia de Nova York após ter atropelado com uma caminhonete os transeuntes em uma ciclovia, deixando pelo menos oito mortos e 12 feridos. Ao sair do veículo, empunhava duas armas de brinquedo. Ele tem carteira de motorista da Flórida e endereço registrado nesse Estado do sul, na cidade de Tampa. Entretanto, o site NJ.com, do Estado de Nova Jersey, vizinho de Nova York, informa que residia havia alguns meses na localidade de Paterson (Nova Jersey), onde depois do ataque a polícia encontrou seu veículo com placas da Flórida e cercou uma mesquita.

Em foto feita pela polícia do condado de St. Charles (Estado de Missouri), Sayfullo Saipov aparece com o cabelo curto, barba longa e semblante tranquilo.

O Uzbekistão, país de origem de Saipov, é uma antiga república soviética da Ásia Central com 33 milhões de habitantes, de maioria muçulmana e Estado laico. Esse país não foi incluído pelo presidente Donald Trump na lista de países com maioria muçulmana cujos cidadãos teriam sua entrada vetada no território norte-americano por razões de segurança nacional – uma medida de combate ao terrorismo que foi suspensa pelos tribunais dos EUA por violar o direito à liberdade religiosa.

MAIS INFORMAÇÕES