Seleccione Edição
Login

Três pessoas da mesma família entre as vítimas no atentado de Barcelona

Prefeitura de Granada identificou Francisco López Rodríguez, sua sobrinha e filho

vítimas do atentado em Barcelona
Homenagens às vítimas do ataque em La Rambla. AFP

Francisco López Rodríguez, de 60 anos, natural de Lanteira (Granada), é um dos 13 mortos no atentado de quinta-feira em Barcelona, conforme informou o prefeito daquela cidade. Também faleceram uma sobrinha de sua esposa e seu filho menor de idade, de acordo com o prefeito. López Rodríguez andava em La Rambla de Barcelona com sua esposa, que é uma das feridas graves. Os legistas ainda estão realizando testes de identificação dos corpos, por isso não foi divulgada uma lista oficial de vítimas.

Segundo informações que o prefeito de Lanteira, Jesús Villalba, deu à agência Europa Press o homem, que tinha emigrado para Barcelona, mantinha o vínculo com a cidade de 700 habitantes, onde esteve na Páscoa. A Câmara da cidade vai realizar uma sessão plenária extraordinária nesta sexta-feira quando está previsto que declarem três dias de luto oficial, além do luto nacional.

Fontes municipais explicaram que López Rodríguez emigrou com sua família na década de 60 para a Catalunha, quando diminuiu a atividade de mineração na região norte da província de Granada, e fez sua vida lá, vivendo atualmente em Rubí, um município perto de Barcelona, por isso a previsão é de que seus restos sejam exumados na comunidade autônoma catalã.

Até agora foi confirmado que três cidadãos alemães e uma belga faleceram no atentado, mas seus nomes não foram divulgados. A maioria das pessoas atropeladas no ataque eram estrangeiras, de até 20 nacionalidades.

Um menino de três anos, falecido

O prefeito de Llimiana (Lleida), Josep Terré, também confirmou o falecimento de um menino de três anos, cuja família passeava por La Rambla de Barcelona no momento em que o ataque ocorreu. De acordo com o relato de outros moradores do local, a criança morta estava com sua mãe, sua avó, sua irmã mais velha e sua tia. Esta última tentou tirar o menino do percurso da van e, como resultado, ficou gravemente ferida.

MAIS INFORMAÇÕES