Luiz Inácio Lula da Silva

Lula sobre condenação: “Quem acha que é o fim do Lula vai quebrar a cara”

Ex-presidente critica Sergio Moro, ao falar pela primeira vez sobre a condenação. Veja as repercussões

São Paulo / Brasília - 13 jul 2017 - 18:07 UTC
O ex-presidente Lula ao falar sobre a condenação na sede do PT, nesta quinta-feira.
O ex-presidente Lula ao falar sobre a condenação na sede do PT, nesta quinta-feira. MIGUEL SCHINCARIOL / AFP

Mais informações

Um dia após ser condenado a 9 anos e seis meses de prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta quinta-feira que vai recorrer da decisão e criticou, mais uma vez, o juiz federal Sergio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato e autor da sentença. Em pronunciamento na sede do PT em São Paulo, Lula afirmou que Moro "deve prestar contas com a história" e reafirmou sua intenção em se candidatar à presidência novamente nas eleições de 2018: “Se alguém pensa que a sentença me tirou do jogo, pode saber que estou no jogo”, disse. Lula foi condenado pelo processo que envolve o caso do triplex do Guarujá, mas a decisão ainda precisa ser confirmada pelo TRF4. O petista vai recorrer da decisão em liberdade

Coletiva do ex-presidente Lula.

Gepostet von Lula am Donnerstag, 13. Juli 2017

Veja como contamos as repercussões da condenação de Lula:

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete