Lula diz que Congresso quer “enfiar reforma da Previdência goela abaixo”

Movimentos sociais protestam contra a reforma da previdência proposta por Temer Paralisação afetou outros serviços públicos de vários Estados do Brasil

Ato na Paulista contra a proposta de reforma na Previdência.
Ato na Paulista contra a proposta de reforma na Previdência.MIGUEL SCHINCARIOL (AFP)

Movimentos sociais e sindicatos de várias categorias realizaram nesta quarta-feira uma greve geral e protestos contra as reformas da Previdência e trabalhista, propostas pelo Governo Michel Temer. A paralisação acabou afetando de forma sensível apenas os transportes de várias cidades do Brasil, principalmente em São Paulo, onde o metrô e os ônibus pararam e o rodízio de veículos foi suspenso. Houve manifestações em todas as capitais. Em São Paulo, o ex-presidente Lula discursou no ato para milhares de pessoas. No Rio de Janeiro, houve confronto.

Veja como foi a cobertura minuto a minuto:

Flávia Marreiro

As ruas no Brasil voltam a se agitar, dessa vez contra a reforma da Previdência

Depois de semanas de calmaria, paralisações e protestos marcam posição contra projeto do Governo Temer. Lula discursa em São Paulo. No Rio, ato acaba em repressão da PM e quebra-quebra

Leia a reportagem completa da jornada, de Heloísa Mendonça e María Martín http://cort.as/vFl3

Flávia Marreiro
Flávia Marreiro

Lista de Janot e protestos, a conjunção que ameaça os planos de reforma de Temer

A quarta-feira de Michel Temer foi de silêncio. Ao menos sobre os questionamentos que interessavam à imprensa. "Presidente, como é ter cinco ministros na lista do [procurador-geral Rodrigo] Janot?", arriscou um repórter. Não houve resposta. Era a segunda vez que o peemedebista evitava os jornalistas em poucos horas. Na noite anterior, uma crise sem precedentes havia começado, com o vazamento dos primeiros nomes do gabinete que o procurador-geral deseja investigar com base nas delações da Odebrecht e com a certeza de que muitos de seus aliados no Congresso tampouco estarão a salvo. Ainda assim, fugir da imprensa estava longe de ser seu único inconveniente no dia. Nas ruas, mobilizações contra a reforma da Previdência ganhavam fôlego, trazendo mais dificuldades para a aprovação no Congresso de um projeto já impopular entre os parlamentares.

Leia a reportagem de Talita Bedinelli. http://cort.as/vFdw

Flávia Marreiro
Flávia Marreiro

Depois da jornada de paralisação do metrô de São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB), usou o Twitter para afirmar que vai cobrar a aplicação de multra contra o sindicato dos metroviários. De acordo com liminar da Justiça do Trabalho, os funcionários estavam obrigados a trabalhar com 100% da capacidade no horário de pico e com 70% nos demais horários

Flávia Marreiro
Flávia Marreiro

Lula discursa na av. Paulista, em foto de Miguel Schincariol para a agência AFP

Flávia Marreiro
María Martín
Protesto no Rio dispersa. Manifestantes voltam para casa gritando "Fora Temer" enquanto o choque continua circulando, com as armas de prontidão. Bancos, sinalização e lixeiras da Rio Branco e a Presidente Vargas foram vandalizadas por grupos isolados
María Martín
Heloísa Mendonça
No fim do ato, um grupo soltou fogos de artifício contra o prédio da FIESP. Polícia Militar cerca o local.
Heloísa Mendonça
Flávia Marreiro

Lula terminou o discurso lembrando que vai estar na Paraíba, no domingo, parte da sua agenda de viagens. http://cort.as/vFPH

Flávia Marreiro
Heloísa Mendonça
Discurso do ex-presidente Lula foi breve. Alguns manifestantes já começam a deixar o ato na Paulista.
Heloísa Mendonça
Heloísa Mendonça
" O problema não é de dinheiro. Eu queria que o Meirelles estivesse ouvindo, o Temer também. Um dia nesse país nós resolvemos o problema da previdência incluindo os pobres no orçamento", disse o ex-presidente.
Heloísa Mendonça
María Martín
O protesto contra a reforma da Previdência no centro do Rio correu sem incidentes até o final da marcha, quando um grupo de manifestantes e a Guarda Municipal se enfrentaram com rojões e bombas de gás. Cenas de destruição tomaram agora a região. Há contenedores de lixo e ponto de ônibus quebrados, barricadas e lixo espalhado
María Martín
Heloísa Mendonça
"Quem não sabe governar, só sabe vender", diz Lula.
Heloísa Mendonça
Heloísa Mendonça
"Nós provamos que os pobres não eram um problema nesse país", diz Lula.
Heloísa Mendonça
Rodolfo Borges
A repórter Maria Martín registra cenas do fim do protesto no Rio de Janeiro.
Rodolfo Borges
Heloísa Mendonça
Lula começa a discursar no ato da Paulista e é fortemente aplaudido pelos manifestantes.
Heloísa Mendonça
Rodolfo Borges
A repórter Maria Martín relata, do Rio de Janeiro, que um pescador ficou inconsciente após os protestos desta quarta-feira. Os amigos de Yan, como ele foi identificado por outros pecadores, contaram que, enquanto voltavam para casa, o rapaz ficou no meio da nuvem de gás e apagou. Várias viaturas da polícia foram requeridas no local e ignoraram quem tentava ajudar.
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Rodolfo Borges
Heloísa Mendonça
"Temos que chamar as coisas pelos nomes. A Reforma da Previdência é o fim da aposentadoria . Não vamos deixar isso acontecer, vamos invadir Brasília", diz Guilherme Boulos, do MTST, do alto do palanque do ato. " Vamos derrubar a Reforma e Temer".
Heloísa Mendonça
Heloísa Mendonça
Organização anuncia que o ex-presidente Lula está chegando ao protesto na Av. Paulista. Manifestantes aplaudem fortemente o anúncio.
Heloísa Mendonça
Talita Bedinelli
No Mato Grosso do Sul, manifestantes foram até a casa do deputado Carlos Marun (PMDB), presidente da comissão que discute a reforma da Predidência, para protestar. "Querem provocar um constrangimento covarde à minha família", disse ele ao EL PAÍS. O deputado está em Brasília.
Talita Bedinelli
Heloísa Mendonça
A dona de casa Francisca Silva Sanz (que segura o cartaz), de 44 anos, veio com a expectativa de ver o ex-presidente Lula discursar. "Espero que ele venha mesmo, o Governo dele foi ótimo ele tem voltar a ser presidente. Esse Temer está fazendo tudo errado, propondo só reformas erradas", diz.
Heloísa Mendonça

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS