_
_
_
_

Kanye West é hospitalizado após cancelar turnê

Rapper e marido de Kim Kardashian está sendo atendido na unidade de psiquiatria por causa de "comportamentos erráticos"

Tu suscripción se está usando en otro dispositivo

¿Quieres añadir otro usuario a tu suscripción?

Si continúas leyendo en este dispositivo, no se podrá leer en el otro.

¿Por qué estás viendo esto?

Flecha

Tu suscripción se está usando en otro dispositivo y solo puedes acceder a EL PAÍS desde un dispositivo a la vez.

Si quieres compartir tu cuenta, cambia tu suscripción a la modalidad Premium, así podrás añadir otro usuario. Cada uno accederá con su propia cuenta de email, lo que os permitirá personalizar vuestra experiencia en EL PAÍS.

En el caso de no saber quién está usando tu cuenta, te recomendamos cambiar tu contraseña aquí.

Si decides continuar compartiendo tu cuenta, este mensaje se mostrará en tu dispositivo y en el de la otra persona que está usando tu cuenta de forma indefinida, afectando a tu experiencia de lectura. Puedes consultar aquí los términos y condiciones de la suscripción digital.

Kanye West com a esposa Kim Kardashian em 29 de setembro.
Kanye West com a esposa Kim Kardashian em 29 de setembro.ALAIN JOCARD (AFP)
Mais informações
Kanye West revela ao mundo “o melhor disco de todos os tempos”
Homens armados levam joias avaliadas em 36 milhões de reais de Kim Kardashian em Paris
Kim Kardashian publica foto nua no Instagram para mostrar que sua dieta funciona

O rapper Kanye West, marido de Kim Kardashian, foi internado na unidade de psiquiatria do hospital UCLA de Los Angeles na segunda-feira após anunciar o cancelamento de sua turnê Saint Pablo Tour, que ainda tinha 21 shows previstos. O artista foi atendido por causa de uma “emergência médica” depois que a polícia recebeu uma chamada às 13h20 hora local, conforme informa o canal NBC News.

West estava na casa de seu personal trainer Harley Pasternak, que advertiu de que estava tendo comportamentos erráticos. Em um primeiro momento se negou a ser atendido, mas os paramédicos conseguiram convencê-lo a ir ao centro médico. Durante o traslado em ambulância foi algemado, de acordo com o protocolo padrão, acrescentam as fontes citadas pelo portal de fofocas TMZ. Pessoas próximas ao artista acrescentam que, no momento da crise, o rapper havia sido atendido por um de seus médicos por causa de uma “privação severa de sono”.

Kim Kardashian planejava realizar, nesta segunda-feira, seu primeiro ato público depois de sofrer um assalto em Paris em outubro passado. A estrela de televisão voou para Nova York de manhã para participar de uma homenagem póstuma a seu pai, o advogado Robert Kardashian, mas depois do incidente teve de voltar às pressas para Los Angeles.

A internação hospitalar acontece depois de uma semana em que o controvertido músico protagonizou várias polêmicas, como atacar outras estrelas como Beyoncé e Jay-Z ou afirmar em um de seus shows que, se tivesse votado, teria optado pelo republicano Donald Trump.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_