Verne

Toblerone britânico encolhe para economizar chocolate e consumidores culpam Brexit

Entre os tabletes, agora há um espaço que muitos consideram uma fraude

A clássica barra de chocolate Toblerone tem novo formato no Reino Unido, e os consumidores estão indignados. Continua sendo uma sequência de tabletes e a embalagem é a mesma, mas entre um e outro agora há muito ar e pouco chocolate, o que alguns fãs consideram uma fraude. A marca explicou que o novo formato é devido à redução de custos e descartou o efeito Brexit, como apontado por alguns consumidores em comentários nas redes sociais.

Eu disse a vocês que sair da UE teria sérias consequências. Agora estou realmente chateado.

América. Votamos pela opção furiosa, de curto prazo, para culpar os outros. AGORA VEJAM NOSSO TOBLERONE.

O jornal The Guardian, que também destacou o descontentamento dos britânicos com a mudança, cita um porta-voz da Mondelez International, a fabricante norte-americana da marca, que negou que a decisão dos cidadãos de votar pela saída do Reino Unido da União Europeia tenha a ver com o novo formato do chocolate. As críticas iradas dos consumidores lembram o #Carbonaragate, a receita de macarrão que irritou os italianos ou a paella com chouriço de Jamie Oliver, mas onde ali se tratava de orgulho nacional ferido e costumes deturpados, aqui os consumidores se sentem enganados por uma embalagem e preço que são os mesmos, mas com menos volume, e supõe-se que a causa seja o Brexit.

O jornal britânico recorda que a medida foi tomada enquanto outras empresas aumentaram os preços, em paralelo à queda de 14,5% da libra esterlina em relação ao euro e de 18% em relação ao dólar. Na mesma época em que o Toblerone mudou o formato, foi iniciada a chamada “guerra do Marmite” entre a Unilever e a Tesco, devido ao aumento do preço da pasta amarga à base de levedura, essencial no café da manhã dos britânicos.

A Mondelez, que fabrica o chocolate suíço, publicou um comunicado em sua página no Facebook para explicar a mudança, porque “como muitas outras empresas, estamos experimentando custos mais elevados em muitos ingredientes”. No caso do Toblerone, eles mesmos assumiram a alta dos preços, mas, para garantir que as barras de chocolate “continuem nas prateleiras, a preços acessíveis e com sua forma triangular” tiveram que reduzir o peso de dois dos seus produtos no Reino Unido. As barras de 400 gramas foram reduzidas para 360g, e as de 170g agora pesam 150g. Todos os outros produtos, dizem, permanecem os mesmos.

A explicação foi publicada em 15 de outubro, mas as reações nas redes ganharam força nas últimas horas. Nos comentários sobre os esclarecimentos da empresa em sua página oficial do Facebook, há alguns fiéis, mas a maioria dos clientes está irritada e ameaça não voltar a comprar as barras de chocolate se o preço não baixar na mesma proporção que o peso.

Há também muita gente decepcionada. “Nunca pensei que esse dia fosse chegar”, diz um usuário. “Isto é decepcionante. Continua sendo Toblerone se você mudar o formato? Não tenho certeza. Também acho enganoso abrir um tablete do mesmo tamanho que o antigo e encontrar grandes buracos devido novo formato”, diz outra usuária, argumentando que teria sido melhor reduzir o comprimento das barras de chocolate, mas manter o espaço.

No Twitter, a mudança gerou piadas como estas:

O novo Toblerone. Errado em tantos níveis. Agora parece um estacionamento de bicicletas.

Toblerone, sua redução de custos é tão sutil quanto eu.

Estou muito feliz que os leitores da BBC News tenham suas prioridades bem definidas.

O visual do tablete Toblerone agora na UE.

O que fizemos com o Toblerone? De uma vida em hotéis, o indicador de conforto agora está em perigo.

Arquivado Em: