Seleccione Edição
Login

Bill Cosby será julgado

Tribunal da Pensilvânia decide colocar o comediante pela primeira vez no banco dos réus por uma acusação de abuso sexual

Bill Cosby ao chegar no tribunal na terça-feira.

Bill Cosby compareceu na terça-feira a um tribunal da Pensilvânia (Estados Unidos) para participar de uma audiência preliminar na qual a juiz Elizabeth McHughse determinou que o ator irá a julgamento pela primeira vez por um caso de abuso sexual, já que existem provas suficientes contra ele. Das dezenas de mulheres que acusaram o comediante de supostos abusos e estupros nos últimos meses, só a acusação de Andrea Constand foi levada aos tribunais.

Bill Cosby
O ator cumprimenta os curiosos do lado de fora do tribunal de Montgomery, na Pensilvânia. REUTERS

Atravessando dezenas de câmeras de televisão Cosby, de 78 anos, compareceu ao tribunal. A autora da acusação, por outro lado, que hoje vive no Canadá, não foi à audiência. Os promotores do Condado de Montgomery, cidade próxima a Filadélfia, começaram a apresentar provas para respaldar as acusações contra Cosby por drogar e abusar de Constand quando ela o visitou em sua casa em 2004. O norte-americano, por sua parte, afirma que o encontro foi consensual. Em dezembro do ano passado, foi emitida uma ordem de prisão contra o ator, mas após se apresentar às autoridades e pagar um milhão de dólares (3,6 milhões de reais) de fiança ele pôde continuar em liberdade.

Após essa decisão, Cosby terá que voltar aos tribunais no dia 20 de julho para a leitura das acusações. Se for declarado culpado durante o julgamento, o ator pode ser condenado a 10 anos de prisão, uma multa de pelo menos 22.000 euros (87.772 reais) e precisará constar em uma lista pública de agressores sexuais.

Andrea Constand
Andrea Constand, em foto de 1987.

A audiência de terça-feira na Pensilvânia ocorre após os advogados de Cosby tentarem sem sucesso que o juiz indeferisse as acusações. Constand e o ator se conheceram na Universidade de Temple, na qual ele fazia parte do conselho e ela treinava a equipe feminina de basquete. Em 2005 Constand denunciou Cosby por abusos sexuais, mas o promotor do distrito à época, Bruce Castor, decidiu que não existiam provas suficientes para formalizar a acusação. Além disso, fechou um acordo de imunidade para não acusar Cosby se este testemunhasse em uma demanda judicial pública apresentada por Constand.

Constand foi a primeira mulher a acusá-lo publicamente de abuso em 2005. Na ocasião, os promotores não formalizaram as acusações e o caso se encerrou com um suposto acordo econômico cujos detalhes não são conhecidos. Após dezenas de mulheres realizarem acusações semelhantes, o caso de Constand foi reaberto em 2015, quando a agência Associated Press teve acesso aos arquivos da primeira demanda. Os documentos, de uma década atrás, incluem um interrogatório no qual o antigo ídolo norte-americano admitiu drogar mulheres com as quais queria manter relações sexuais. Em fevereiro, um juiz do Condado de Montgomery decidiu que o acordo de imunidade com Castor não desqualificava o testemunho de Cosby à polícia em 2005. O’Neil considerou que as revelações obtidas pela Associated Press eram razão suficiente para reabrir a investigação.

Agora, a agência teve acesso a novos trechos nos quais Cosby, sob juramento, descreve um encontro sexual com Constand no qual lhe deu três comprimidos e “não pediu (verbalmente) seu consentimento”. Na declaração, o ator que ficou famosos nos anos oitenta com a série The Bill Cosby Show também fala de suas relações com Therese Serignese (uma das quase 60 mulheres que o acusaram). Serignese tinha 19 anos quando conheceu o comediante. Ele estava com quase 40.

Bill Cosby
Bill Cosby passa pelo detector de metais do tribunal. AFP

As relações do ator com adolescentes são mencionadas várias vezes na declaração. Cosby diz que a agência costumava enviar “cinco ou seis modelos” por semana enquanto gravava uma de suas comédias. Admite ter mantido relações com uma delas, que tinha somente 17 anos, em 2000. Os advogados de Cosby estão tentando fazer com que esse depoimento não seja admitido no julgamento.

Mais de 50 mulheres acusaram o ator de abusos sexuais. A maioria dos casos ocorreu nos anos sessenta e prescreveram judicialmente, com exceção do caso que agora abriu o primeiro julgamento contra o ator. Ainda assim, as acusações destruíram a reputação de Cosby, que chegou a ser o ator mais bem pago da televisão dos EUA, no papel de pai de família em The Bill Cosby Show, exibida entre 1984 e 1992. Cosby perdeu o apoio não só do público, mas também de colegas de profissão, e teve canceladas as turnês pelos teatros dos EUA e a continuação de sua série.

MAIS INFORMAÇÕES