Ataque terrorista

Surge um vídeo do atentado em Túnis gravado por uma sobrevivente

O jornal 'La Repubblica' divulga na terça-feira uma gravação do ataque terrorista 21 pessoas faleceram na tragédia enquanto visitavam o Museu do Bardo

O jornal italiano La Repubblica difundiu na terça-feira em sua página web um vídeo do atentado em Túnis, no qual é possível ver cenas de incredulidade e de pânico entre os visitantes do Museu do Bardo depois da invasão armada de três terroristas islâmicos no recinto. A gravação, que dura seis minutos, foi realizada por um casal de turistas italianos, Marcello Salvatori e sua esposa Maria Rita, que se encontravam dentro do museu quando começou a tragédia, segundo informa o meio italiano.

Também eram passageiros do cruzeiro Costa Fascinosa e sobreviveram ao ataque jihadista, que causou a morte de 21 pessoas, entre elas um casal espanhol. “Pensei que uma estátua tinha caído no chão ao ouvir a primeira explosão”, conta Marcello. A segunda explosão e as seguintes rajadas de Kalashnikov não deixaram lugar a dúvidas, continua. “Pareciam bombas.” O casal relata que se refugiou em um lugar fora do alcance dos terroristas graças à ajuda de um guia e de três tunisianos que se encontravam nas imediações do museu. Maria confessa ter gravado boa parte do enfrentamento com os terroristas sem perceber.

MAIS INFORMAÇÕES

Arquivado Em: