Seleccione Edição
Login

Ataque em uma partida de vôlei mata 45 pessoas no Afeganistão

70 espectadores foram feridos em um ataque suicida em Paktika

Pelo menos 45 pessoas morreram e outras 70 ficaram feridas em um atentado suicida na cidade de Yahyakhail, no leste da província de Paktika (sudeste do Afeganistão), durante uma partida de vôlei de praia, segundo informou a rede de televisão afegã TOLO.

O Ministério do Interior afegão contabilizou inicialmente ao menos 25 mortos, mas um porta-voz do governador da província, Mukhlis Afghan, aumentou depois o número para 45 e explicou que o suicida detonou sua carga explosiva quando estava no meio das centenas de pessoas que se reuniram para acompanhar a final de um torneio esportivo local. O ataque ocorreu por volta das quatro horas da tarde local (10h no horário de Brasília), e entre as vítimas estão várias crianças e policiais locais, afirmou um porta-voz do ministério, Najib Danish.

Muitos dos feridos encontram-se em estado crítico, por isso o número de mortos pode aumentar, afirmou Danish.

O ataque suicida ocorre depois que Câmara baixa do Parlamento afegão aprovou hoje, por maioria, o acordo de segurança com os Estados Unidos, que prolonga a presença de tropas desse país no Afeganistão até 2024.

Ontem na província de Nurestão, no leste do país asiático, dois soldados e 22 rebeldes foram mortos, enquanto dois membros do Exército, um policial e 27 talibãs terminaram feridos quando as forças de segurança repeliram um ataque a uma das suas bases.

O Afeganistão atravessa uma de suas etapas mais violentas depois que, no ano passado, as forças locais passaram a ser responsáveis pela segurança com a retirada gradual da missão da OTAN, a ISAF, que culminará no final de 2014.

No entanto, a OTAN anunciou que manterá no país cerca de 12.500 militares a partir de 2015, dos quais cerca de 9.800 são soldados norte-americanos.

MAIS INFORMAÇÕES