Lideranças mundiais felicitam Dilma

Mandatários dos países vizinhos ao Brasil usam o Twitter para parabenizar a presidenta

Lula abraça Dilma em seu discurso da vitória.
Lula abraça Dilma em seu discurso da vitória. Eraldo Peres (AP)

Após a divulgação da vitória de Dilma Rousseff, do PT, nas eleições presidenciais brasileiras, alguns presidentes dos países vizinhos ao Brasil correram para felicitar a reeleição da petista.

A presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, publicou uma carta e divulgou em sua conta no Twitter seus cumprimentos a Dilma. "Recebo com grande alegria a notícia de sua vitória desde Brasília, por isso quero ser uma das primeiras a te felicitar e transmitir um fraternal abraço em meu nome e de todo o povo argentino", disse a presidenta argentina em sua carta. "Essa vitória, após uma árdua campanha eleitoral, mostra a sociedade brasileira reafirmando seu compromisso irrenunciável com o projeto político que garante crescimento econômico com inclusão social", continuou Kirchner.

Mais informações
Dilma derrota Aécio na eleição mais disputada dos últimos 25 anos
O melhor candidato anti-PT não foi o bastante
Presidenta com espírito de luta
A Dilma Rousseff que eu conheci pessoalmente
Noite de euforia e desgosto

Rafael Correa, presidente do Equador, também usou sua conta no Twitter para parabenizar Rousseff. "Maravilhoso triunfo de Dilma no Brasil. Nosso gigante segue com o Partido dos Trabalhadores. Felicitações Dilma, Lula, Brasil!".

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, também saudou a presidenta. “Esperamos seguir trabalhando pelo bem de nossos países e a região”, escreveu ele no microblog.

 O mesmo fez Nicolás Maduro, que em sua conta no Twitter parabenizou a presidenta reeleita. "Felicitações Dilma por sua coragem e valentia diante de tanta maldade, o povo do Brasil não falhou com a História, mil abraços da Irmandade".

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS