Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine
Batizada de "As Margens do Rio Pinheiros", uma intervenção do artista plástico de Eduardo Srur alerta para a poluição dos rios de São Paulo. Na imagem, uma estátua de um homem ameaça saltar de um trampolim em um dos rios mais contaminados do Brasil.
4 fotos

Um alerta para a poluição

Obra de artista plástico Eduardo Srur quer chamar a atenção para a contaminação do Rio Pinheiros, em São Paulo

  • Uma estátua de uma mulher em um trampolim em uma ponte do rio Pinheiros. Batizada de "As Margens do Rio Pinheiros", a intervenção do artista plástico de Eduardo Srur alerta para a poluição.
    1Uma estátua de uma mulher em um trampolim em uma ponte do rio Pinheiros. Batizada de "As Margens do Rio Pinheiros", a intervenção do artista plástico de Eduardo Srur alerta para a poluição. AP
  • Jovens tiram uma foto ao lado da estátua de um homem sobre o rio Pinheiros. A obra faz parte da série "As Margens do Rio Pinheiros", uma intervenção do artista plástico de Eduardo Srur.
    2Jovens tiram uma foto ao lado da estátua de um homem sobre o rio Pinheiros. A obra faz parte da série "As Margens do Rio Pinheiros", uma intervenção do artista plástico de Eduardo Srur. REUTERS
  • Batizada de "As Margens do Rio Pinheiros", uma intervenção do artista plástico de Eduardo Srur alerta para a poluição dos rios de São Paulo. Na imagem, uma estátua de um homem ameaça saltar de um trampolim em um dos rios mais contaminados do Brasil.
    3Batizada de "As Margens do Rio Pinheiros", uma intervenção do artista plástico de Eduardo Srur alerta para a poluição dos rios de São Paulo. Na imagem, uma estátua de um homem ameaça saltar de um trampolim em um dos rios mais contaminados do Brasil.