Aécio surpreende com alta de quatro pontos em nova pesquisa

Levantamento do Ibope mostra avanço de quatro pontos do candidato tucano, enquanto Dilma Rousseff perde três pontos

Aécio Neves em São Paulo no último dia 12 de setembro
Aécio Neves em São Paulo no último dia 12 de setembroNACHO DOCE (REUTERS)

Nem Marina Silva, nem Dilma Rousseff. A nova pesquisa Ibope mostrou uma alta de quatro pontos do candidato tucano Aécio Neves, que passou de 15% das intenções de voto no dia 12 de setembro, para 19%, segundo o levantamento divulgado nesta terça-feira pelo instituto. Rousseff caiu de 39% na semana passada, para 36% nesta semana, enquanto Marina Silva passou de 31% para 30%. O presidenciável do PSDB vinha repetindo há vários dias que estava chegando a “onda da razão”, e que dessa forma ele acabaria se beneficiando da polarização que tomou a campanha eleitoral.

Mais informações

Neves, que vinha focando artilharia sobre a presidenta petista, passou a criticar a candidata do PSB, com quem inicialmente parecia não querer rivalizar. “Eu não mudo de opinião ao sabor dos ventos”, disse ele nesta segunda-feira, em referência à ambientalista. O tucano também tem reclamado das “incoerências” de sua adversária do PSB e de sua falta de disposição para travar debates.

Num eventual segundo turno, o Ibope aponta que Marina e Rousseff mantém empate técnico – 43% a 40%, respectivamente, com uma oscilação para baixo da petista, que estava com 42% na semana passada, mas ainda dentro da margem de erro. Num cenário de disputa entre Rousseff e Neves, a presidenta leva vantagem, com um resultado de 44% a 37%. O candidato do PSDB, entretanto, subiu nessa simulação em relação ao dia 12 de setembro, quando tinha 33% das intenções num eventual segundo turno com a petista.

Por ora, nada está claro no cenário eleitoral. Apenas, um repertório mais agressivo de todos os candidatos para defender suas ideias, quando faltam apenas 19 dias para o pleito eleitoral. O Ibope ouviu 3.010 pessoas entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro do levantamento é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.